Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
22ºmin
Pecuária

Mão de obra e combustíveis puxaram alta dos custos de produção da pecuária leiteira no começo de 201

06 fevereiro 2017 - 13h48Por Scot Consultoria
Mão de obra e combustíveis puxaram alta dos custos de produção da pecuária leiteira no começo de 201

Os custos de produção da pecuária leiteira aumentaram em janeiro de 2017. Segundo o Índice Scot Consultoria, a alta foi de 0,6% em relação a dezembro do ano passado.

Destaque para o custo com os colaboradores, em função do reajuste de 6,5% no salário mínimo. Além disso, combustíveis/lubrificantes (2,8%), defensivos (1,7%) e fertilizantes (0,3%) ficaram mais caros.

Por outro lado, houve queda nos preços dos alimentos concentrados, com destaque para o milho e farelos.

Na comparação com janeiro do ano passado, os custos de produção da atividade acumulam valorização de 5,4%.

Com a alta nos custos de produção e preços do leite praticamente estáveis no pagamento de janeiro/17, a margem para o produtor se estreitou em janeiro deste ano.

Daqui para frente, porém, com o preço do leite subindo e expectativa de queda nos custos de produção, em especial com a alimentação, a tendência é de melhoria na margem para o produtor de leite.