Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
37ºmax
24ºmin
Notícias

Vacinação contra aftosa começa hoje na fronteira

26 março 2012 - 03h48

A primeira etapa da imunização do rebanho de bovídeos na “zona de fronteira” de Mato Grosso do Sul – antiga ZAV – vai acompanhar o segundo período de vacinação contra febre aftosa do Paraguai, e por isso será antecipada para o mês de abril, porém já iniciando os trabalhos no dia 26 de março.

“A medida visa uma maior vigilância e atenção nas propriedades de fronteira”, destaca a diretora presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Cristina Carrijo. No resto do Estado, o cronograma continua o mesmo, com início em maio nas regiões do Planalto e Pantanal.

A Iagro alerta os produtores para que se programem com antecedência e esclarece as estratégias de vacinação para a zona de fronteira, onde deverá ser vacinado todo o rebanho.

Nas propriedades de maior risco sanitário (assentamentos, aldeias indígenas e periferias das cidades) a Iagro vai fornecer a vacina e realizar a vacinação com agulha oficial, ou seja, os funcionários da Agência realizarão a aplicação da vacina.

Nas demais propriedades, a Iagro vai realizar a vacinação acompanhada (o produtor vacina os animais na presença dos servidores da Iagro em 100% do rebanho), fiscalizada (vacinação sob acompanhamento parcial por servidores da Iagro), ou ainda oficial Nestes casos, o produtor será o responsável pela aquisição da vacina das revendas de produtos veterinários. Para a aquisição da vacina, os produtores deverão se dirigir aos escritórios da Iagro para a liberação da compra no sistema Saniagro bem como o agendamento dos trabalhos de fiscalização da vacinação, quer seja acompanhada, fiscalizada ou oficial.

O produtor precisa ficar atento ao prazo para o registro da vacinação, que deverá ser realizado pela internet até o dia 15 de maio.