Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
28º
Agro em números

Trimestrais da pecuária: abate de bovinos, suínos e frangos cresce no 3º trimestre

07 dezembro 2022 - 11h48Por Agência de Notícias IBGE
Trimestrais da pecuária: abate de bovinos, suínos e frangos cresce no 3º trimestre

O 3º trimestre de 2022, o abate de bovinos aumentou 11,9%, o de suínos cresceu 5,0% e o de frangos subiu 0,9% ante o mesmo período de 2021. Na comparação com 2º trimestre de 2022, o abate de bovinos teve aumento de 6,3%, o de suínos cresceu 2,4% e o de frangos subiu 3,1%.

Em relação aos suínos, foram registrados os melhores resultados do abate para os meses de julho, agosto e setembro (14,45 milhões de cabeças), alcançando o patamar trimestral mais elevado da série histórica, iniciada em 1997.

A aquisição de leite foi de 6,10 bilhões de litros, com queda de 1,7% ante o 3º trimestre de 2021 e aumento de 11,1% frente ao trimestre imediatamente anterior.

Já a aquisição de peças de couro pelos curtumes subiu 6,7% frente ao 3º trimestre de 2021, aumentando 6,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior, somando 7,99 milhões de peças inteiras de couro cru.

Foram produzidas 1,02 bilhão de dúzias de ovos de galinha no 3º trimestre deste ano, superando em 857 mil dúzias o recorde anterior da pesquisa, do 3º trimestre de 2020. A marca foi 0,5% maior que a do mesmo trimestre de 2021 e representa crescimento de 1,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Abate de bovinos sobe 11,9% no ano e cresce 6,3% frente ao trimestre anterior

No 3º trimestre de 2022, foram abatidas 7,85 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Houve alta de 11,9% frente ao 3º trimestre de 2021 e aumento de 6,3% em relação ao 2º trimestre de 2022.

A produção de 2,13 milhão de toneladas de carcaças bovinas no 3º trimestre de 2022 consistiu em incremento de 11,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, e aumento de 9,6% em relação ao apurado no 2º trimestre de 2022.

Abate de suínos cresce 5,0% na comparação anual e 2,4% no trimestre

O abate de suínos somou 14,45 milhões de cabeças no 3° trimestre de 2022, os melhores resultados do abate para os meses de julho, agosto e setembro, propiciando o patamar trimestral mais elevado da série histórica desde que a pesquisa foi iniciada, em 1997. Isso representa um aumento de 5,0% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e acréscimo de 2,4% em comparação ao 2° trimestre de 2022. As exportações recordes registradas no período (288,55 mil toneladas) contribuíram para o escoamento da produção.

O peso acumulado das carcaças registrou 1,33 milhão de toneladas no 3º trimestre de 2022, o que consistiu em aumento de 4,3% em relação ao 3º trimestre de 2021 e incremento de 1,8% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Abate de frangos sobe 0,9% na comparação anual e 3,1% na trimestral

No 3º trimestre de 2022, foram abatidas 1,55 bilhão de cabeças de frango. Esse resultado significou um aumento de 0,9% em relação ao trimestre equivalente do ano anterior e alta de 3,1% na comparação com o 2º trimestre de 2022.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,75 milhões de toneladas no 3º trimestre de 2022. Esse total significou aumento de 2,7% em relação ao 3º trimestre de 2021 e aumento também de 2,7% frente ao trimestre imediatamente anterior.

Aquisição de leite cai 1,7% no ano, mas sobe 11,1% no trimestre

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária no 3º trimestre de 2022 foi de 6,10 bilhões de litros. O valor correspondeu a redução de 1,7% em comparação ao volume registrado no 3º trimestre de 2021 e aumento de 11,1% em comparação ao obtido no trimestre imediatamente anterior.