Menu
Busca terça, 23 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
24º
CARNE BOVINA

Ritmo mais fraco dos embarques brasileiros na 1ª semana de agosto

O desempenho das vendas externas nos primeiros cinco dias de agosto/22 foi o melhor para uma primeira semana desde abril/22

10 agosto 2022 - 11h20Por DBO Rural

Durante a primeira semana de agosto/22 (período de cinco dias úteis) foram exportadas 39,40 mil toneladas de carne bovina brasileira in natura, com uma média diária de 7,88 mil toneladas, o que significou queda de 4,6% sobre a média diária registrada em agosto/21 e baixa de 1,1% sobre a média diária verificada em julho/22, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Na avaliação dos analistas da IHS Markit, a menor intensidade das vendas externas da proteína bovina “acendeu um sinal de alerta” no setor de exportação, já que o desempenho na primeira semana não acompanhou os ritmos dos embarques verificados nos meses anteriores de 2022, que registraram “os maiores volumes exportados na série histórica”.

Porém, a equipe de analistas da consultoria Agrifatto manifestou um outro olhar sobre o comportamento dos embarques nos primeiros cinco dias deste mês, a saber: “Ainda que tenha recuado (na comparação com agosto/21), destaca-se o fato de que o desempenho das exportações brasileiras na primeira semana de agosto/22 foi o melhor (para uma primeira semana) desde abril/22”.

O preço médio da carne bovina embarcada na primeira semana de agosto atingiu US$ 6.246,9 por tonelada, um avanço de 10% sobre o valor médio de agosto do ano passado. Com isso, as vendas externas da proteína bovina nos cinco primeiros dias úteis de agosto/22 geraram receita de US$ 246,10 milhões, o equivalente a 23,86% do montante arrecadado com os negócios em todo agosto de 2021, destaca a Agrifatto, citando os dados da Secex.