Menu
Busca terça, 23 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
30º
BEZERROS

Reposição perde liquidez diante de uma arroba do boi mais fraca

No comparativo semanal, houve queda de quase 2% na média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados pesquisadas pela Scot Consultoria

26 julho 2022 - 11h20Por DBO Rural

A pressão de baixa no mercado do boi gordo nas últimas semanas deixou muitos pecuaristas com o pé atrás nas negociações envolvendo animais de reposição, abrindo espaço para alguns ajustes negativos, informam os analistas da Scot Consultoria.

Dessa maneira, no comparativo semanal, houve queda de quase 2% na média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados pesquisadas pela Scot Consultoria.

A baixa nos preços foi puxada pelas fêmeas, recuando 2,4% na média de todas as categorias aneloradas nos Estados monitorados. Segundo a Scot, na última semana, as fêmeas mais jovens registraram recuos mais fortes.

Considerando a média da bezerra de ano e de desmama, houve queda de 2,7% nas cotações, frente ao recuo de 2% da média da vaca e novilha, comparam os analistas. Pelo levantamento da IHS Markit, o mercado brasileiro de reposição avança pouco em liquidez, devido à cautela dos agentes.

A demanda por animais de reposição variou entre as principais categorias, em função das condições climáticas observadas no interior do Brasil. A seca, observa a IHS, já prejudica as condições de pasto em grande parte do Brasil, o que desestimula a procura por bezerrada de ano.

Porém, a queda nos preços do milho, devido à chegada de uma segunda safra recorde, incentivou a compra de garrotes e novilhas mais pesadas, a ponto de gerar suporte a variações positivas nos preços da categoria, informa a IHS.

O poder de compra de animais de reposição ainda se mostra vantajosa em relação aos valores praticados na boiada gorda. No entanto, reforça a IHS, o excedente de oferta de animais magros e a extrema cautela entre invernistas e confinadores mantêm a morosidade de negócios.

Nas praças do Centro-Oeste do Brasil, os preços da bezerrada registraram queda na última semana, sobretudo no Mato Grosso do Sul. “Além da maior oferta de bezerros, a demanda pela categoria se mostra fraca”, afirma a IHS.

Nos Estados do Centro-Oeste, houve alguns movimentos de alta para novilha e garrote cm pesos acima de 9 arrobas. Na região Norte, o ambiente foi de preços acomodados na última semana, informa a IHS.

No Sudeste, os preços da reposição chegaram a esboçar firmeza no interior paulista em função da oferta restrita. “A estratégia dos pecuaristas locais é realizar parcerias com as indústrias para diminuir a exposição a risco”, observa a IHS.