Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
37ºmax
20ºmin
Notícias

Ração e suplemento trazem tamponante e gordura especial

01 dezembro 2010 - 11h04Por Portal Dia do Campo

Os produtores de vacas de alta produção, como animais em torneio leiteiro, ganharam mais duas opções para alimentação do rebanho, uma ração e um suplemento alimentar. Ambas já contém em sua formulação a presença dos sais tamponantes e da gordura protegida. Com isso, elas previnem uma série de problemas no processo de fermentação do rúmen evitando doenças comuns nas fazendas como acidose e inflamação na coroa dos cascos. Além disso, elas melhoram o rendimento da produção e aumentam o teor de gordura e qualidade do leite.

Os produtos foram lançados durante a 4ª Feilete (Feira Internacional da Cadeia Produtiva do Leite), que aconteceu em São Paulo este ano, quando a Premix apresentou a ração Mega Milk e a suplementação Premiphós Leite Premium. A novidade é a presença de componentes presentes na formulação, que normalmente são oferecidos de forma separada. Os tamponantes são sais, como bicarbonato de sódio e carbonato de cálcio, que ajudam na manutenção do ph ruminal. Outro componente importante dos produtos é a presença da gordura by pass, também conhecida como gordura protegida. Ela é um óleo que passa intacto ao rúmen do animal, sem sofrer processo de fermentação, e é absorvido diretamente no intestino delgado das vacas melhorando a produção de leite e ajudando também na função reprodutiva. Quando a gordura não é protegida, ela passa por um processo de biohidrogenização e não chega inteira para os animais.

Quando os animais de alta produção recebem grande quantidade de carboidratos como amido, oriundo do milho, o ph do rúmen tende a cair a níveis onde a fermentação da fibra fica prejudicada. Dessa forma, começam a aparecer distúrbios como acidose, inflamação na coroa dos cascos. Para controlar essa queda de ph eu adiciona os sais tamponantes que reagem com esse ácido lácteo neutralizando estes problemas. A utilização dos tamponantes na dieta não é uma novidade, porém é nova a adição direta nas rações. Dependendo da dieta que estes animais estão recebendo o aumento de teor de gordura do leite pode ser de 1 a 3 pontos percentuais na composição — explica Liéber Garcia, consultor técnico da Premix.

A ração Mega Milk pode ser oferecida à vontade aos animais, sendo 1 quilo da ração concentrada proporcional à produção de 2,5 quilos a 4 quilos de leite produzido. Já a dose do Premiphós Leite Premium deve ser de 17 gramas do suplemento para cada litro de leite produzido. Garcia lembra que a dosagem recomendada deve ser seguida para que a nutrição dos animais seja equilibrada e melhore, de fato, a produção de leite. Ele recomenda também que a alimentação seja oferecida de forma dividida várias vezes ao longo do dia e sempre com alimentos frescos.

É um núcleo mineral vitamínico aditivado pra ser adicionada nas formulações das rações concentradas de bovinos leiteiros em lactação. Esse suplemento corrige problemas oriundos do manejo alimentar como altas cargas de amido evitando doenças clínicas e subclínicas. Além disso, proporciona uma melhor produção qualitativa como aumento do teor de gordura do leite. Principais benefícios são a correta sanidade nutricional das dietas do rebanho evitando problemas que são corriqueiros nas propriedades como problemas de acidose e correções na qualidade do leite produzido como aumento nos sólidos totais, no teor de gordura e proteína do rebanho. Um animal bem nutrido e corretamente vacinado sempre responderá com ótimas produções — destaca Garcia.