Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
37ºmax
20ºmin
Notícias

Puxados pela demanda mundial, fertilizantes registram leve alta

20 janeiro 2010 - 00h00Por Scot Consultoria.

A maior demanda mundial por fertilizantes fez com os preços dos produtos subissem. Esses insumos foram os grandes aliados agricultor nesta safra, pois, em Mato Grosso do Sul, tiverem uma queda de mais de 26%, em comparação com a safra anterior.

Contudo, ainda não há motivo para desespero, segundo a Scot Consultoria, a subida foi pequena, mas pode mostrar uma possível tendência.

No caso dos nitrogenados, a alta foi de 2,4% em relação a dezembro do ano passado, sendo que o nitrato de amônia foi o que mais subiu, 5,4% no mesmo período.

Os maiores aumentos foram verificados nos preços dos produtos fosfatados. O monoamônio fosfato está cotado em R$ 945 a tonelada (preço médio em São Paulo), 7% mais caro do que no mês passado. O super simples e o super triplo receberam, respectivamente, 5,6% e 8,6% de acréscimo.

Outro fator que contribuiu para o encarecimento dos fertilizantes foi a demanda para atender o plantio da safrinha de cana-de-açúcar.