Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
36ºmax
22ºmin
Notícias

Projeto Biomas finaliza implantação de viveiro de mudas no Pantanal

13 novembro 2013 - 10h38Por CNA
O Dia do Pantanal é celebrado em 12 de novembro. E os pesquisadores do Projeto Biomas têm motivos para comemorar. Foi finalizada a implantação de um viveiro, construído na Fazenda Nhumirim da Embrapa, localizada no Pantanal da Nhecolândia, em Corumbá, Mato Grosso do Sul. Com uma área de 512 m², o viveiro terá capacidade para a produção de 40 mil mudas.
 
Para o início de 2014, a equipe do Projeto Biomas já planeja o plantio de 4.300 mudas em uma área de 1,43 hectares. A palmeira Copernicia alba é conhecida no Pantanal por carandá e seu caule é aproveitado para a confecção de móveis e de cercas, entre outros. O objetivo desse plantio é a condução de um estudo para investigar o efeito da quantidade de mudas plantadas por área sobre a mortalidade, crescimento em altura e diâmetro do caule do carandá.
 
“Em 2013, o Projeto Biomas evoluiu bastante no Pantanal. Conseguimos uma área de referência muito especial para a pesquisa. A Fazenda Nhumirim, onde foi implantado o viveiro, é uma área praticamente intocada, em regeneração há mais de 25 anos, guardando a legitimidade ambiental original do bioma", conta Catia Urbanetz, Coordenadora Regional do Projeto Biomas na Embrapa Pantanal.
 
Segundo a coordenadora, os resultados da pesquisa, tais como o potencial econômico e sustentável dessas árvores plantadas, poderão ser demonstrados aos produtores rurais em breve.
 
SOBRE O PROJETO BIOMAS
O projeto é uma parceria entre Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Os estudos já estão sendo desenvolvidos nos seis biomas brasileiros. Os pesquisadores buscam soluções para a produção sustentável de alimentos, a partir da reintrodução da árvore nas propriedades rurais do Brasil. O Projeto Biomas tem o apoio do SEBRAE, Monsanto, John Deere e Vale Fertilizantes.