Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
22ºmin
Notícias

Proibição da cobrança do Funrural poderá ser aprovada na próxima semana

25 agosto 2017 - 15h24Por Canal Rural
Proibição da cobrança do Funrural poderá ser aprovada na próxima semana

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou nesta quinta-feira, dia 24, que, se não houver recurso na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o projeto de resolução da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), que acaba com a cobrança do Funrural, poderá ser promulgado já na próxima semana.

“Ainda tem prazo de cinco dias para recurso. Não havendo recurso eu vou fazer a promulgação”, afirmou.

Aprovado na CCJ nesta quarta-feira, dia 23, o Projeto de Resolução do Senado (PRS) 13/2017 beneficia os produtores rurais com os débitos junto ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). O texto suspende a aplicação de dispositivos da lei da Seguridade Social relativas à contribuição para a previdência do trabalhador rural, trechos que foram considerados inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2010 e 2011. O projeto foi aprovado em decisão terminativa na CCJ, mas, caso haja recurso, pode ser votado pelo plenário.

A senadora Kátia Abreu afirmou que com a aprovação do projeto os produtores rurais não estão fugindo de participar e de contribuir com a previdência, mas ressaltou que todos eles estavam vivendo uma grande inconstitucionalidade e insegurança jurídica.

“É apenas para lembrar que nós queremos agora abrir uma discussão sobre como o setor agropecuário poderá também contribuir com a previdência do país. Podemos montar um grupo de trabalho do Congresso Nacional, uma comissão especial”, disse ela.

Entenda o caso

O STF havia decidido pela inconstitucionalidade na lei do Funrural, com bitributação do produtor e empregador rural (pessoa física), já que ele pagava a contribuição sobre a folha de salários e também sobre o faturamento da produção. O fato levou inúmeros produtores rurais a deixar de recolher o tributo.

No entanto, em 30 de março de 2017, o Supremo Tribunal Federal voltou atrás e declarou a constitucionalidade da cobrança do Funrural para empregadores rurais pessoas físicas e decretou a cobrança retroativa do tributo dos últimos cinco anos.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados