Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
16ºmin
Notícias

Programa Secretaria Eficiente já atende três cidades de MS

09 outubro 2009 - 00h00Por Senar/MS

Aparecida do Taboado, Iguatemi e Inocência são as primeiras cidades a receberem o programa que tem como objetivo fortalecer a articulação entre as secretarias das prefeituras para potencializar os trabalhos destinados ao setor rural.

O programa "Secretaria Eficiente" é um programa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR e CNA e que teve no Estado de Mato Grosso do Sul o seu piloto implantado pelo SENAR/MS e a Federação da Agricultura e Pecuária de MS - FAMASUL.

"Queremos formar bons gestores nas Secretarias Municipais para que as ações e o atendimento ao público rural sejam realmente eficiente. É uma oportunidade para que as Secretaria de Agricultura tenha um plano de ação definido e interativo com as demais Secretarias que tenham interface com o setor rural , aglutinando as possibilidades e oportunidades que vão ao encontro das necessidades do produtor e trabalhador rural ", afirma a gestora do programa, Patrícia Caldas.

Como explica a gestora, a procura pela consultoria veio de todas as secretarias dos municípios e não só da agricultura e pecuária, ou de economia. "Todas atendem o setor. Seja de saúde, de educação, de habitação. E o sucesso do programa vem se confirmando pelo número de secretarias que estão participando", finaliza.

Conforme o consultor Silvio Balduim explica a metodologia é de acompanhamento do trabalho das secretarias. Primeiro é estudado a estrutura do trabalho e direcionado aos participantes um questionário de auto-diagnóstico. Após a análise de resultado, conjuntamente é elaborado um planejamento estratégico das secretarias e por fim serão oferecidos seis seminários que irão apresentar temas como liderança, desenvolver o pensamento sistêmico e organizacional e a quantificação dos resultados

Outros produtos

Outros programas também serão levado até essas cidades como o Útero é Vida e o Ciranda da Cultura. O primeiro é um programa de prevenção do câncer de colo de útero destinado à mulher rural. Ele percorre as regiões do país e facilita o acesso das mulheres rurais aos atendimentos básicos na área de saúde, com a realização de exames laboratoriais como o papanicolau.

Já o Ciranda da Cultura, visa contribuir para a integração e melhoria da qualidade de vida do produtor, proporcionando momentos artisticos e esportivos promovendo a democratização da cultura.