Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
22ºmin
Notícias

Produtividade da suinocultura e incentivos do governo fazem indústria investir em MS

24 maio 2018 - 00h17Por Semagro

Mato Grosso do Sul registra hoje a maior produtividade de suínos do Brasil e investimentos de ao menos R$ 500 milhões nas indústrias do setor instaladas no Estado. Esse cenário atual da suinocultura é fruto do empenho do Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) para fortalecer o segmento, com a desburocratização e desoneração do licenciamento ambiental e o aprimoramento conjunto do programa de incentivos do setor, o Leitão Vida.

“Estamos aprimorando de forma conjunta o Leitão Vida para que esse crescimento continue. Mato Grosso do Sul pode ser considerado hoje a bola da vez na expansão da suinocultura. A Semagro propõe uma política muito clara de incentivo aos produtores, com o objetivo de dar competitividade à cadeia, principalmente, àqueles que investem em tecnologia”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro na solenidade de aniversário de 25 anos da Associação Sul-mato-grossense dos Suinocultores (Asumas), comemorado em 18 de maio, em Dourados. O titular da Semagro representou o governador Reinaldo Azambuja no evento.
 
Na data comemorativa da Asumas foi realizado o 2º Fórum de Desenvolvimento da Suinocultura do MS, na programação da ExpoAgro, em Dourados. O evento reuniu cerca de 450 participantes, entre produtores rurais e técnicos do setor, apresentando uma série de palestras aos partipantes. Uma delas foi a do superintendente de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar da Semagro, Rogério Beretta.
 
O superintendente da Semagro apresentou a palestra “Reformulação do Subprograma de Apoio à Produção de Suínos de Qualidade e Conformidade” e deu deu mais detalhes aos produtores de suínos da região de Dourados sobre os aprimoramentos no Programa feitos pela equipe da Semagro. “Estamos trabalhando para fazer uma reestruturação em comum acordo com o setor”, disse Beretta.
 
Outra palestra foi ministrada pelo coordenador da Unidade Regional do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) em Dourados, Luiz Carlos Vargas da Silva, que falou sobre o proesso do licenciamento ambiental da suinocultura em Mato Grosso do Sul.
 
Já no período da noite, o presidente da entidade, Celso Philippi Júnior, dirigiu a cerimônia de comemoração dos 25 anos da Associação. “Nossa suinocultura ocupa o 8º lugar no ranking nacional e hoje o melhor índice de produtividade do país. Nossa média de abate é um animal com 135kg a 140 kg, sendo que uma fêmea inseminada chega a produzir quase 1 tonelada de carne. Temos granjas tecnificadas, altamente sustentáveis. Os dejetos da produção são sa usados como solução e geração de renda, na fertirrigação, com ganhos de produtividade para a lavoura, recuperando o pasto e beneficiando o rebanho bovino”, comentou em seu discurso.
 
“A empresa Agriness nos conferiu o título de Estado com os melhores resultados técnicos do país. São 25 anos de história e de estruturação de uma suinocultura, que começou de uma maneira muito incipiente, mas que hoje está fortalecida, por ter sido construída sob uma base sólida. Nossos produtores são engajados e entendem a necessidade de estarmos unidos, bem representados, para que juntos, possamos acumular mais força e obter aquilo que precisamos. Com isso, iniciamos agora uma nova fase de crescimento contínuo”, afirmou o presidente da Asumas.
 
O setor também conta com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), que elabora, juntamente com a Asumas, Avimasul e Senar/MS, um novo programa que capacitará as granjas do Estado. “Assim como o Soja Plus, vamos buscar por meio do Granja Plus, fazer com que além de todos os regramentos estabelecidos pela legislação brasileira, sejamos referência nas questões ambientais, trabalhistas e sociais, e ainda na gestão da propriedade”, aponta o presidente da Famasul, Mauricio Saito.