Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
23º
EXPECTATIVA

Produtividade da soja nesta safra pode ser 17% maior, aponta consultoria

De acordo com a AgResource, incidência do La Niña sobre a cultura tende a ser mais amena

27 setembro 2022 - 10h56Por Canal Rural

A AgResource Brasil, filial da empresa norte-americana AgResource Company, divulgou sua estimativa para a safra 2022/23 de soja que se inicia. A estimativa indicou uma área total para de 42,61 milhões de hectares, produtividade em 3.549 kg por hectare (59,1 sacas/ha) e produção total de 151,24 milhões de toneladas.

Segundo a estimativa, se consolidada, a safra será 20,4% maior que o ciclo anterior, que tem as estimativas atuais indicando a produção total em 125,6 milhões de toneladas. Esta maior produção deve ser decorrente do incremento projetado de 2,78% na área colhida, mas, principalmente, por conta da produtividade projetada a ser 17,2% maior que no ciclo 21/22, indicada em 3.029 kg por hectares (50,4 sacas/ha).

De acordo com o analista de mercado da consultoria, João Pedro Thieme, apesar de o La Niña ainda atuante até o início de 2023, os modelos de previsão do tempo indicam que outros componentes climáticos poderão trazer condições mais favoráveis (comparado à safra passada) para a safra brasileira, concentrando maior risco na Argentina e no extremo sul do Brasil.

“Além disso, as alterações de manejo podem ajudar o produtor da região centro-sul a mitigar parte do risco como em anos anteriores. O histórico das safras não indica redução de produtividade por dois anos consecutivos (mesmo quando tivemos três anos de La Niña seguidos). Nesse caso, a produtividade costuma retornar para mais próximo da linha de tendência” aponta.