Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
18ºmin
Notícias

Prevenção à vaca louca leva 1,6 mil bois a sacrifício em Três Lagoas

26 outubro 2010 - 11h16Por Via Livre

A Superintendência Federal da Agricultura (SFA) vai sacrificar 1.599 bovinos, a partir de amanhã (27), em Três Lagoas, para prevenir qualquer contaminação pela doença da vaca louca (Encefalopatia Espongiforme Bovina)

O rebanho foi apreendido no fim de setembro porque era alimentado com restos de animais, o que é proibido por lei estadual desde 1996. O pecuarista foi multado e os bois abatidos serão enviados às graxarias dos frigoríficos, onde poderão virar sabão ou óleo.

Testes da ração indicaram presença de proteína animal. A mais comum delas é a cama de frango, na qual o boi é alimentado com mistura de penas e dejetos de aves. Produtores que descumprem a lei também oferecem farinha de ossos ou de carne ao rebanho.

O abate sanitária ocorrerá em lotes de 300 ou 400 animais. A quantidade varia de acordo com a capaciade dos frigoríficos indicados pela SFA.

Denuncie. A suspeita de alimentação de origem animal a bovinos deve ser denunciada ao Ministério da Agricultura e Pecuária pelo telefone 0800 704 1995. A ligação é gratuita.