Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
24ºmin
Notícias

Preço da semente de milho atinge recorde em Mato Grosso

12 dezembro 2011 - 11h42

O preço da semente de milho nas últimas safras acumulou valor e atingiu, em algumas regiões de Mato Grosso, o maior preço dos últimos anos. Assim, o plantio do grão que começa no início do próximo ano tomou grande proporção devido aos maiores preços históricos que atingiu ao longo do ano, e acompanhando a tendência do mercado, os valores das sementes também aumentaram.

Em Sorriso, Canarana e Diamantino (MT), municípios referência, o milho atingiu os maiores preços em outubro deste ano, no comparativo entre três safras passadas, chegando a R$ 15 o quilo da semente de híbrido simples. A região de Campo Verde foi a única que se manteve com preço estável durante a maior parte do ano de 2011, mas não resistiu à força do mercado, e desde setembro acumulou grande aumento – mas, mesmo assim, ficou com o menor valor, R$ 11,5 por quilo.

Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), nas principais regiões do estado, o preço médio pago ao produtor na safra 2010/2011 foi o mais alto já observado na série histórica. Em Rondonópolis, durante a safra 2008/2009, a saca do milho era negociada a preços considerados normais em paralelo aos custos para o produtor. Entretanto, durante o fim do período 2009/2010, a saca iniciou o movimento de baixa, que alcançaria seu patamar mais baixo no mês de julho de 2010, quando era cotada a R$ 8,5, em média. A partir de então, a cotação do cereal iniciou a safra 2010/2011 em um movimento expressivo de alta e alcançou seu pico em fevereiro deste ano, com a saca cotada a R$ 22,58.

Atualmente, os preços do cereal vêm recuando. Em novembro, a média apresentou queda de 8,7% em relação ao observado em fevereiro.