Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
22ºmin
Notícias

PF prende 19 em operação contra fraudes de projetos de reforma agrária em MS

30 agosto 2010 - 00h00

A Polícia Federal desencadeou na manhã desta segunda-feira uma operação contra uma suposta quadrilha que fraudava projetos de reforma agrária na região sul de Mato Grosso do Sul. Segundo o Ministério Público Federal, os desvios podem chegar a R$ 12 milhões.

Foram expedidos 20 mandados de prisão e 25 mandados de busca e apreensão em oito municípios de MS (Campo Grande, Naviraí, Dourados, Itaquiraí, Ivinhema, Nova Andradina, Bataiporã e Angélica) e em Cosmorama (SP).

Até o final da manhã desta segunda-feira (30), 19 suspeitos haviam sido presos. Entre eles estão o superintendente regional do Incra em MS, Waldir Cipriano Nascimento, empresários e líderes de assentamentos rurais na região.

Segundo a PF, o grupo fraudou a distribuição de lotes nos assentamentos do chamado complexo Santo Antônio, em Itaquiraí (MS).

A investigação também flagrou a venda de lotes da reforma agrária. Os negócios, segundo a PF, eram regularizados por servidores do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

Houve, ainda, a manipulação de concorrências para compra de produtos e serviços para os assentamentos e a cobrança de propina para a retirada de imóveis rurais de avaliações de produtividade.

A operação envolve 137 policiais e foi batizada como Tellus (deusa da terra, na mitologia romana).

Fonte: Folha de S. Paulo