Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
24ºmax
19ºmin
Notícias

Pecuaristas optam pela homeopatia

26 maio 2010 - 00h00Por Estadão, por Leandro Costa.

Em busca de reduzir o stress do gado pelo manejo de controle de verminoses e parasitas, entre eles a mosca dos chifres e carrapatos, que inclui frequentes idas e vindas do rebanho até o curral, alguns produtores adotam a homeopatia, alternativa menos estressante para os animais. E garantem que a opção reduziu custos e melhorou a produtividade.

É o caso do pecuarista Léo Maniero Filho, criador de gado canchim em Grajaú, centro-sul do Maranhão, que há mais de uma década passou a tratar 6 mil cabeças com homeopatia. De lá pra cá, pôs fim à necessidade de movimentar o gado para o curral a cada dez dias, para fazer o controle da mosca dos chifres. "Só para pegar um lote, levar ao curral, pulverizar os animais e levar de volta ao pasto eu gastava meio dia. Fora os gastos com os remédios."

O criador diz que o leva- e-traz do gado ao curral judia muito das vacas recém-paridas. "Quanto mais você mexe com o gado, menos ele dá retorno econômico. Por isso, vi que no longo prazo o controle de verminoses e parasitas com homeopatia resultaria em maior produtividade."

A tese de Maniero se comprovou. O pecuarista, que trabalha com cria, recria e engorda dos animais, diz que antecipa em até um mês a terminação do gado. "Esse resultado eu não obteria nem com genética."

"A redução do stress é a grande questão da homeopatia. É esse fator que permite aos produtores atingirem produtividade melhor", explica a veterinária e diretora do laboratório Arenales, especializado em homeopatia animal, Maria do Carmo Arenales. "O fato de o medicamento ir até o animal é que faz toda a diferença."

Além do controle de verminoses e parasitas, a veterinária diz que há tratamentos que controlam o instinto de dominância de touros, importante no confinamento. "Confinados, mesmo os animais castrados tentam montar uns sobre os outros, o que estressa o rebanho e faz com que alguns animais deixem de se alimentar."

Confinamento. O veterinário e confinador em Jales (SP) Helton Rossafa recorreu à homeopatia há três anos justamente para tratar do problema. "Nós optamos pelo confinamento do gado inteiro [sem castração], porque se desenvolve mais." Após duas estações de confinamento e prestes a começar a terceira, em junho, Rossafa se diz satisfeito com os resultados obtidos com a medicação misturada à ração dos bois. "Eles estão bem mais tranquilos no cocho". Além do gado confinado, o criador ainda usa a homeopatia no controle da mastite em 200 vacas leiteiras que possui na propriedade. Ele conta que os surtos da doença reduziram significativamente desde que começou a aplicar a homeopatia, há três anos.