Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
16ºmin
Notícias

Parceria injeta US$ 625 mil em qualificação

22 outubro 2009 - 00h00Por Gazeta de Ribeirão

Projeto envolve a Unica e o BID; cerca de 3,5 mil trabalhadores de 118 usinas serão atingidos
A União de Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) fizeram uma parceria que vai injetar US$ 625 mil em um programa de qualificação para 3,5 mil trabalhadores do corte de cana em 118 usinas associadas à entidade.
De acordo com o diretor executivo da Unica, Eduardo Leão de Sousa, essa parceria faz parte de um programa maior da entidade, o Renovação, que tem como meta qualificar 7 mil trabalhadores até meados de 2010. “Vamos selecionar os trabalhadores, e as necessidades de capacitação de cada grupo. Queremos começar os cursos em novembro deste ano”, disse.
No Programa de Capacitação e Requalificação de Cortadores Cana-de-Açúcar Deslocados, lançado nesta semana, cerca de 1,5 mil trabalhadores irão receber cursos específicos para o setor sucroenergético e os outros 2 mil terão qualificação voltada para outros setores da economia. O BID vai investir US$ 500 mil e o restante da quantia será aportada pela Unica, com apoio logístico, espaço físico, transporte e gestão do Programa.
Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ribeirão, Silvio Palviqueres, todas as ações para a educação dos trabalhadores são essenciais. “Cerca de 80% dos empregados nas lavouras não tem 2º grau completo e muitos vão ficar sem trabalho e oportunidades com a mecanização total da cana.”
A Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert) também lançou neste ano um programa para a capacitação de cortadores de cana. O projeto também em parceria com usinas, vai oferecer cursos a partir de 2010. De acordo com Sousa, cerca de 30 mil trabalhadores do setor já participam de algum programa de qualificação em todo o País. "Além dos projetos desenvolvidos pela Unica, existem as iniciativas isoladas em usinas, que também ajudam na orientação profissional."
De acordo com Unica, cerca de 100 mil trabalhadores do estado devem perder postos de emprego com a mecanização das lavouras. (RS)
Mais detalhes da parceria
7 mil trabalhadores da cana devem passar pela qualificação até o ano que vem.
80% dos trabalhadores do setor têm apenas o segundo grau completo.