Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
17º
AGRICULTURA

Países da África e das Américas destacam que inovação é base para sustentabilidade

Brasil compartilha experiência em ciência, inovação e tecnologia, como programas de bioinsumos e agricultura de baixo carbono

01 agosto 2022 - 08h15Por Mapa

Ministros, vice-ministros e altos funcionários da Agricultura, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia de 40 países participam da "Cúpula África-Américas sobre Sistemas Agroalimentares", em San José, na Costa Rica, com o objetivo de fortalecer a cooperação birregional para enfrentar os desafios da segurança alimentar global e fortalecer o papel de ambos os continentes em questões produtivas.

Entre os assuntos abordados estão a colaboração em ciência, tecnologia e inovação, o que deve estar no centro da cooperação reforçada entre África e América para realizar o potencial dos continentes. Além do fortalecimento do papel dos países para garantir a segurança alimentar e a nutrição global, e a criação de forma homogênea de setores agrícolas produtivos, sustentáveis e inclusivos que contribuam para o desenvolvimento sustentável de ambas as regiões.

Representando o Brasil na mesa redonda sobre Ciência, Tecnologia e Inovação, o secretário de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação (SDI) do Mapa, Cleber Soares, ressaltou o potencial agrícola do Brasil nas últimas décadas, resultado do investimento em ciência, tecnologia e inovação. “Estamos aqui para compartilhar nossa visão, trabalhar juntos em uma agenda de bioinsumos, de baixo carbono, com uma rede africana e latino-americana para reduzir custos para os produtores. Com um hub de inovação para nossos continentes”, explica Soares, em apresentação aos países africanos, que veem o Brasil como um grande parceiro para o desenvolvimento da agricultura tropical. E acrescentou: "O mundo vive um momento em que a cooperação pela agricultura é a palavra-chave. O Brasil é parte importante para superar os desafios contemporâneos, como a segurança alimentar".

“A pandemia de COVID-19 nos mostrou a importância da ciência, tecnologia e inovação para o bem-estar da população global. O progresso neste campo é necessário não apenas para se recuperar desta crise e de futuras crises, mas também para enfrentar outros desafios globais como pobreza, desnutrição, doenças, insegurança alimentar, desigualdade, mudanças climáticas e muitos outros”, afirmou o diretor executivo do Fórum de Pesquisa Agrícola na África (FARA), Oseyemi Olurotimi Akinbamijo.

Participaram da Cúpula o ministro da Agricultura da Etiópia, Oumer Hussien Oba; o ministro da Agricultura de Burkina Faso, Delwendé Innocent Kiba; e o subsecretário (Vice-Ministro) de Pecuária de Honduras, José Ángel Acosta; além de organizações multilaterais de crédito, cooperação e do setor privado.

Cúpula 2022

A "Cúpula África-Américas sobre Sistemas Agroalimentares", promovida pelo IICA, teve início nessa quarta-feira (27) e vai até sexta-feira (29). Os dois primeiros dias foram dedicados a sessões plenárias, bem como mesas redondas sobre oportunidades de cooperação Sul-Sul e experiências práticas dos países-membros.

O terceiro e último dia da Cúpula é voltado a visitas de campo destinadas a explorar inovações bem-sucedidas, escaláveis e transferíveis em áreas como adaptação e resiliência climática, biotecnologia e tecnologias digitais.

O objetivo principal do evento é aumentar as contribuições do setor agropecuário para o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável de forma global e também melhorar o comércio internacional e regional dos Estados-membros.