Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
37ºmax
24ºmin
Notícias

Nuvem de vulcão já chegou à região de Curitiba

10 junho 2011 - 14h47Por Correio do Estado
Nuvem de vulcão já chegou à região de Curitiba

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou na manhã desta sexta-feira (10) que a nuvem do vulcão chileno Puyehue, que ocupou 70% do território do Rio Grande do Sul durante a madrugada, chegou à região de Curitiba. A informação foi repassada pelos órgãos brasileiros por boletim do Volcanic Ash Advisory Centres da Argentina, instituto responsável, segundo acordos internacionais, pelo monitoramento da situação no Cone Sul.
A abrangência agora da camada de nuvem inclui a região de Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba, segundo a Aeronáutica. De acordo com Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), que tem coordenado o tráfego aéreo nas áreas atingidas, a nuvem está concentrada entre 6 mil a 7,6 mil metros de altitude. Se mantidas as atuais condições meteorológicas, a tendência é que nuvens sigam para o Oceano Atlântico.

Até as 11h da manhã, dos 1.039 voos previstos até o horário no país, 106 deles (cerca de 19,8%) foram cancelados e outros 164 (15%) sofreram atrasos, segundo a Infraero.

A situação continua ruim no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, onde diversas companhias aéreas suspenderam pousos e decolagens devido à nuvem do vulcão chileno Puyehue. No Salgado Filho, 39 decolagens foram canceladas até as 11h. Só houve um voo da Trip Linhas Aéreas que seguiu de Porto Alegre para Campo Grande (MS), segundo a Infraero. Nenhum pouso foi registrado no aeroporto até o momento.

Voos que partiriam de São Paulo, Confins, Rio de Janeiro e Curitiba com destino ao Rio Grande do Sul foram cancelados nesta manhã.