Menu
Busca terça, 23 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
22º
Pecuária em Foco

Novilho Precoce MS promove encontro dia 5 de abril na Expogrande

Evento tem em roda de debate a senadora Tereza Cristina, deputado Marcos Pollon, Rafael Gratão (Novilho), Marcelo Bertoni (da Famasul) e Guilherme Bumlai (Acrissul)

02 abril 2024 - 15h11Por Da Assessoria
Pecuária em Foco

Novilho Precoce MS promove encontro dia 5 de abril na Expogrande

Evento tem em roda de debate a senadora Tereza Cristina, deputado Marcos Pollon, Rafael Gratão (Novilho), Marcelo Bertoni (da Famasul) e Guilherme Bumlai (Acrissul)

02 abril 2024 - 15h11Por Da Assessoria

O que um conhecimento de 150 anos pode ser útil para o pecuarista hoje? A resposta pode estar na utilização de uma ferramenta antiga, mas ainda pouco utilizada: o chamado ciclo pecuário. Segundo o especialista em mercado, Rogério Goulart, muitos produtores já entendem a lógica do ciclo e conseguem fazer suas preparações visando o longo prazo dos preços, mas ainda há muita gente que não aceita a existência desse ciclo.

“É comum encontrar ceticismo inicial em relação a novos conhecimentos, especialmente na pecuária, uma atividade tradicionalmente conservadora. Muitos pecuaristas tendem a se concentrar apenas na produção, sem considerar estratégias de comercialização e preços a longo prazo", avalia. Para o especialista, no entanto, quando apresentados de maneira metodológica e didática, como no ciclo pecuário, muitos mudam rapidamente de opinião e reconhecem as vantagens de adotar uma abordagem mais estratégica em relação à atividade rural, explicou Goulart.

Outra questão destacada é a utilização da trava de preços, ou mercado futuro, que tem sido amplamente difundida no setor. Segundo ele, é um caminho sem volta para quem deseja permanecer na atividade e torná-la rentável a longo prazo. 

Custos de produção oscilantes
“Os pecuaristas enfrentam limitações de lucro devido à oscilação dos custos de produção, que, no primeiro trimestre de 2024, estão particularmente elevados para muitos, até ultrapassando os preços de venda. Essa situação poderia ter sido evitada com a utilização de metodologias como contratos futuros e de opções, que oferecem conhecimento valioso. É animador observar que, com o passar dos anos, a relutância em relação a essas operações tem diminuído, à medida que gestores mais jovens assumem responsabilidades, tornando esse tema menos tabu e mais acessível”, pontua o especialista.

Visando auxiliar o produtor na busca por esses conhecimentos, a Novilho Precoce MS promove durante a Expogrande 2024 um encontro com o tema “Pecuária em foco: mercado, gestão e política”, que pretende debater não só as estratégias para passar por períodos de desvalorização, como a própria gestão da mão de obra, outro grande gargalo do setor, e o atual cenário da política brasileira, com seus bastidores e como ela influencia no agronegócio.

“Estamos enfrentando um período desafiador, marcado pela desvalorização dos produtos no mercado nacional devido a uma demanda fraca e uma superprodução de animais nos últimos anos. Diante desse cenário difícil, é crucial adotar estratégias para mitigar os impactos negativos e nos prepararmos para tempos melhores, com preços e condições de mercado mais favoráveis", avalia Rafael Gratão, presidente da Novilho Precoce MS. 

Para ele, a entidade também tem esse papel, de trazer essas percepções, não só de como lidar com esse momento, mas também com a escassez de mão de obra no campo e com os desafios políticos atuais. "Traremos no evento especialistas destas áreas e figuras importantes, que compartilharão as estratégias para melhorar o ambiente político e econômico para a pecuária”, pontuou Gratão.

O evento acontece no dia 5 de abril, a partir das 7 horas, no tatersal 2 da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), durante a 84ª Expogrande. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas clicando AQUI.

Programação

Encontro Novilho Precoce Pecuária em Foco – Mercado, gestão e política

Café da manhã: 07:00 – 07:30 – Abertura com Rafael Gratão e Alexandre Guimarães, da Novilho Precoce MS

07:30 – 08:20: Palestra Mercado Pecuário com Rogério Goulart, editor Carta Pecuária

08:20 – 09:10: Palestra Desafios da Mão-de-Obra no Campo com Rogério Fonseca, consultor técnico e de gestão estratégica

09:30 – 10:30: Palestra Política no Agro com Nilson Leitão, presidente do Instituto Pensar Agro e Consultor da CNA

10:30 – Debate encerramento com Rafael Gratão | Tereza Cristina | Marcelo Bertoni | Marcos Pollon | Guilherme Bumlai e Nilson Leitão