Menu
Busca sexta, 25 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
30ºmax
19ºmin
Notícias

Nova safra de grãos deve superar em até 15,6% à de 2015/2016 e atingir mais um recorde

14 novembro 2016 - 15h24Por Mapa | Conab
Nova safra de grãos deve superar em até 15,6% à de 2015/2016 e atingir mais um recorde

A estimativa da safra 2016/17 de grãos pode variar de 210,9 milhões de toneladas a 215,1 milhões de toneladas, de acordo com o 2º levantamento da produção agrícola, divulgado nesta quinta-feira (10), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O crescimento poderá ser de até 15,6% em relação à safra anterior, de 186,1 milhões. Se o resultado se confirmar, o Brasil registrará mais um recorde no campo.

Também há previsão de ampliação da área total plantada, que deve se situar entre 58,5 milhões de hectares e 59,7 milhões de hectares, o que representa crescimento de até 2,3% na comparação com a safra 2015/16. Com exceção do algodão e do amendoim primeira safra, todas as demais culturas de primeira safra tiveram incremento de área plantada.

Há uma expectativa otimista de que a produção continuará avançando nos próximos anos, disse Neri Geller, secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), durante a divulgação da safra agrícola na Conab. Ele lembrou que, nos últimos 10 anos, a área plantada cresceu em cerca de 10 milhões de hectares, com aumento de 20%, enquanto a produtividade aumentou entre 50% e 60%. “A elevação do rendimento no campo ocorre graças à competência do nosso produtor, ao clima, mas, principalmente, à incorporação de tecnologias, além do crédito em linhas de longo prazo."

Milho e soja

O milho primeira safra deverá ter produção de 4,7% a 10,4% superior à passada, alcançando entre 27,1 milhões de toneladas a 28,6 milhões de toneladas. Já o arroz, com a retomada de áreas não cultivadas, registra uma perspectiva de produção entre 11,5 milhões de toneladas e 12,1 milhões de toneladas, superior à safra passada entre 8,4% e 13,9%, enquanto o feijão primeira safra, também com incremento de área, poderá ficar entre 1,2 milhão de toneladas a 1,3 milhão de toneladas. A produção é também superior entre 17,3% e 24,4%, em relação à última safra.

A projeção para a soja é de crescimento de 6,5% a 8,5% na produção, podendo atingir 103,5 milhões de toneladas. Já a produção de algodão pluma deve crescer de 8,1% a 14,8% e pode chegar a 1,5 milhão de toneladas, apesar da redução entre 6,9% e 1% na área cultivada.

Culturas de inverno

Para a safra de inverno 2016, o trigo é o destaque e a produção deverá ser de 6,3 milhões de toneladas, ou seja, 14,5% superior à safra passada. No caso da cevada, há leve redução de área, mas a produção será de 331 mil toneladas, com a recuperação da produtividade. A canola e o triticale também apresentaram aumento de área e de produtividade. A primeira deve produzir 75 mil toneladas e, o segundo, 65,7 mil toneladas.

Leia Também

STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Repercussão geral
STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Fim dos Conflitos
Câmara aprova projeto que regulamenta demarcação de terras indígenas
Aprovado o mérito na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o substitutivo ao PL 490/2007 aguarda análise dos destaques para seguir ao Plenário
Notícias
Cai diferença entre valor da arroba e carne no atacado
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida
Análise
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida