Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
30º
Mercado da carne

MS: Aumento de 76% no abate de animais, em setembro

relatório que acompanha a movimentação da pecuária em MS, trouxe dados da bovinocultura de corte, que produziu 291 mil animais

24 outubro 2022 - 15h45Por Scot Consultoria
MS: Aumento de 76% no abate de animais, em setembro

Em setembro, as indústrias sul-mato-grossenses, inscritas no Serviço de Inspeção Federal (SIF), abateram 240 mil cabeças, valor quase 10% inferior que o mês de agosto, porém, 76% superior que o igual período do ano anterior.

O aumento significativo observado, é justificado pela suspensão das exportações para a China, em 2021, o que interferiu na demanda das indústrias. De janeiro a setembro, o total de animais abatidos foi de 2,3 milhões, crescimento de 9,57%, frente aos 2,1 milhões, do mesmo período de 2021. No mês apurado, a exportação de carne bovina in natura totalizou 16,73 mil toneladas, equivalentes a US$ 93 milhões.

Apesar de uma pequena queda no volume em comparação ao mesmo período do ano anterior, a receita apresentou incremento de 2,43%. Nos nove meses de 2022, o estado embarcou para o exterior 155 mil toneladas de carne bovina in natura, quantidade correspondente a US $867,5 milhões. Esses números superaram o mesmo período de 2021, com incremento de 31% e 17%, na receita e volume, respectivamente. 

O principal destino da operação de exportação foi a China, com 36% da receita, equivalente a 46,8 mil toneladas; seguida pelo Chile, com participação de 13% no faturamento da transação comercial e pelos Estados Unidos, responsável por adquirir 10% da produção do estado. 

No cenário nacional, o MS ocupa o 5º lugar no ranking de exportação de carne bovina in natura, com participação de 9,46%, ficando atrás de São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais.