Menu
Busca sexta, 25 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
30ºmax
19ºmin
Notícias

Minerva anuncia compra do capital da Frisa, por cerca de R$ 250 milhões

07 novembro 2016 - 00h00Por Agência Estado

O Minerva anunciou contrato para compra da Frisa Frigorífico Rio Doce, pelo valor de cerca de R$ 250 milhões. São R$ 205 milhões pela transferência da titularidade das ações - representativas de 99,56% do capital social total, sendo 100% do capital social votante, e 98,41% sem direito a voto - mais capital de giro, calculado em R$ 45 milhões (data base de 31/12/2015). Em fato relevante, a companhia explica que o preço de aquisição será ajustado para cima ou para baixo conforme a variação do capital de giro.

O valor será parcelado, com a primeira parcela, de 50% a ser paga na data de fechamento e o restante em três parcelas anuais consecutivas de 10%, 20% e 20%, respectivamente.

Em 2015, a receita líquida da Frisa foi de R$ 942 milhões, sendo 33% das vendas totais relativas a exportações, e o Ebitda (lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização) de cerca de R$ 43 milhões.

Ainda segundo o comunicado, a Frisa é um dos principais produtores de carne bovina do Brasil, com unidades em Colatina (ES), cuja capacidade de abate é de 500 cabeças/dia; Nanuque (MG), de 800 cabeças/dia; e Teixeira de Freitas (BA), e 400 cabeças/dia), além de um Centro de Distribuição e escritório em Niterói (RJ).

"A aquisição da Frisa se constitui numa excelente oportunidade estratégica e

representa mais um passo na consolidação do setor no Brasil e na América do Sul", diz o comunicado, citando ampliação geográfica, com dois estados em que não possuía abate, no caso Espírito Santo e Bahia, e complementaridade na área comercial, com distribuição em ES, BA e RJ, "em linha com a estratégia de expansão da distribuição no mercado doméstico, com foco em pequeno e médio varejo e food service".

Na questão de exportação, o Minerva destaca que as fábricas da Frisa são certificadas para exportação, "inclusive para China e Estados Unidos".

Com essa transação, a capacidade total de abate da empresa irá a 19 mil cabeças/dia, em nove Estados no Brasil e mais Uruguai, Paraguai e Colômbia.

A operação inclui o controle indireto das subsidiárias Frigorífico Nordeste Alimentos e Frisa Comercial e está sujeita a algumas condições precedentes, como aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade), final do processo de auditoria na Frisa e subsidiárias e aprovação em assembleia geral. Nesse caso, a companhia diz que ainda está, em conjunto com seus assessores legais e financeiros, avaliando se configura direito de retirada aos acionistas dissidentes caso o preço de aquisição por ação do bloco de controle ultrapasse em uma vez e meia o maior dos valores expressos no inciso II do caput do artigo 256 da Lei das S.A.

Mesmo assim, diz a Minerva, em reunião prévia, no dia 4 de novembro, os acionistas VDQ Holdings e Salic comprometeram-se a votar favoravelmente à ratificação da compra da Frisa na AGE que for realizada para esse fim.

 

Leia Também

STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Repercussão geral
STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Fim dos Conflitos
Câmara aprova projeto que regulamenta demarcação de terras indígenas
Aprovado o mérito na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o substitutivo ao PL 490/2007 aguarda análise dos destaques para seguir ao Plenário
Notícias
Cai diferença entre valor da arroba e carne no atacado
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida
Análise
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida