Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
22ºmin
Notícias

Mercado segue pressionado e arroba recua para R$ 83,15/@ em São Paulo

22 abril 2010 - 00h00Por BeefPoint.

No mercado do boi gordo a arroba segue pressionada e os frigoríficos que têm escalas mais confortáveis testam níveis de preços mais baixos. Assim o indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista teve retração de 1,43% na semana, sendo cotado a R$ 82,16/@ na última terça-feira, antes do feriado de Tiradentes. O indicador a prazo foi cotado a R$ 83,15/@ registrando quede de 1,34% no período analisado (13/04 a 20/04).

No mercado futuro, o contratos de boi gordo negociados na BM&FBovespa com vencimento mais próximo (abril, maio e junho) apresentaram desvalorização. Já os que têm vencimento mais distante, com exceção de setembro/10, terminaram a semana em alta.

O primeiro vencimento, abril/10, acompanhou a desvalorização do indicador e fechou a R$ 82,00/@ na última terça-feira, com queda de R$ 0,74. Maio/10 teve recuo de R$ 0,15, fechando a também a R$ 82,00/@. Os contratos que vencem em outubro/10 terminaram o pregão de terça-feira (20/04) valendo R$ 85,92/@, com variação positiva de R$ 0,03.

Em vista das escalas um pouco mais longas e dos recuos nos preços da carne bovina do atacado, os compradores seguem pressionando as cotações da arroba e tentam negociar a preços menores do que na semana passada. De maneira geral, a oferta ainda é curta mas os frigoríficos testam valores inferiores na esperança de conter novas altas e o mercado ainda segue bastante indefinido. Resta saber se na semana que vem será possível comprar nos novos preços para ter mais noção das tendências de curto prazo.