Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
16ºmin
Notícias

Mercado atacadista de carne reage e leva junto a arroba do boi

10 dezembro 2009 - 00h00Por Jefferson da Luz - Via Livre Comunicação

Nos últimos sete dias, o mercado atacadista de carne em São Paulo teve um crescimento na demanda, o que era esperado desde novembro, isso teve impacto direto no preço da carne, que em média subiu 2,5%, segundo o consultor da Scot Consultoria, Alex Santos Lopes da Silva.

As boas notícias vieram, só que chegaram com cerca de um mês de atraso. O consumo do último bimestre de 2009 deve ficar bem abaixo do que do mesmo período no ano passado.

O quilo dos cortes para churrasco agora em dezembro está significativamente mais barato do que em dezembro de 2008: alcatra -15% (R$ 13,25), contra filé -10% (R$ 10,93), Maninha -8% (R$11,22) e a picanha -22% (R$21,99).

A arroba do boi acompanhou o mercado atacadista, e nos últimos seis dias subiu 1,80% (dados do Cepea) e a arroba é comercializada na praça paulista a R$ 74,06 para pagamento em 30 dias, sem desconto do Funrural. No mercado à vista também houve apreciação, mas não chegou a ser tão alta, apenas 1,37%, e hoje é negociada a R$ 72,86.

 Em Campo Grande os dois maiores frigoríficos encerraram as compras ontem, um volta ao mercado em 14 de dezembro e o outro em 4 de janeiro de 2010. Pequenas indústrias da capital estão pagando R$ 66,00 a arrobado boi, à vista livre de Funrural, já as grandes falam em retornar às compras pagando R$ 64,00, o que é incerto, pois só as forças de oferta e procura podem regular o preço.