Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
32ºmax
19ºmin
Notícias

Marfrig apresenta ações para sustentabilidade da cadeia produtiva

14 junho 2010 - 00h00Por Assessoria Marfrig.

Sustentabilidade é o tema central da 16ª Feicorte – Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne – que acontece de 15 a 19 de junho, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. À frente das iniciativas do setor para reduzir os impactos da produção pecuária no meio ambiente, a Marfrig apresentará em área específica destinada à promoção das práticas de responsabilidade ambiental, as operações sustentáveis que está implementando na sua cadeia produtiva.

“Na Feicorte, os clientes e visitantes poderão acompanhar nossos cuidados desde o início do processo, na fazenda, até sua destinação ao consumidor final, neste caso específico da feira mostraremos a cadeia de produção que gera os produtos para a rede McDonald’s”, explica o gerente de marketing do segmento de bovinos da Marfrig, Walter Scheufler. A empresa apresentará a partir de materiais informativos e audiovisuais detalhes dos processos que aplica em suas ações e nas relações com seus parceiros.

Reconhecida pela preocupação ambiental em toda sua cadeia produtiva, a Marfrig também foi convidada a participar, durante o evento, do Workshop promovido pela WWF-Brasil, iniciativa que discutirá o desenvolvimento da pecuária sustentável, na terça-feira (15/06), às 10h. A Marfrig será representada pelo diretor de sustentabilidade, Ocimar Villela, que apresentará as ações bem sucedidas da empresa voltadas à área ambiental. O workshop faz parte do projeto “Pecuária Sustentável, Sim, É Possível”, ação inédita desta edição da Feicorte e que tem como proposta unir elos da cadeia produtiva em torno das questões ambientais relacionadas à pecuária.

Sustentabilidade – Ponto importante e no centro das preocupações da empresa é o estímulo e orientação para que os pecuaristas sigam a legislação ambiental vigentes. Desde a assinatura do convênio com o Greenpeace: “Critérios Mínimos para Operações com Gado e Produtos Bovinos em Escala Industrial no Bioma Amazônia”, em 05 de outubro de 2009, a Marfrig adicionou diversas ações efetivas em seus processos de monitoramento socioambiental, entre elas: cadastramento das propriedades rurais fornecedoras; monitoramento das propriedades rurais que respondem por mais de 80% do fornecimento de animais para as quatro unidades industriais na Amazônia Legal; orientações aos produtores, associações de criadores e Federações de Agricultura, para fomento e apoio ao cadastramento de fornecedores ao sistema de Cadastro Ambiental Rural (CAR); consulta às listas de áreas embargadas do IBAMA e de propriedades envolvidas com o trabalho escravo, através de dados do Ministério do Trabalho e Emprego, dentre outras.

Programas de fomento pecuário – Além destas iniciativas e de destacar as linhas de produtos bovinos de suas linhas Bassi, Montana e Palatare, a Marfrig também apresentará produtos no estande da Associação Brasileira de Angus, a fim de divulgar o projeto Fomento Angus. Esta iniciativa é uma extensão do programa Carne Angus certificada que tem como base a padronização dos animais a partir da genética diferenciada e a consequente melhor remuneração dos produtores. O Grupo Marfrig financia sêmen de touros Aberdeen Angus e Red Angus devidamente credenciados, após passarem por estudos de campo e avaliações técnicas por ultrassonografia, avaliações de DEPs e análise de características desejáveis por marcadores moleculares (DNA).

Outra ação promovida pela empresa, e que os criadores poderão conhecer durante o evento, é o Programa Qualidade Nelore Natural, uma parceria entre Marfrig e Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), que visa o estímulo à produção de animais nelore de qualidade superior. Porém, é necessário obedecer às condições naturais de manutenção do bem estar animal, além da responsabilidade social e ambiental nas propriedades onde estes animais são criados. As principais regiões onde a Marfrig atuará diretamente com este programa produção serão Sudeste, Centro-Oeste e Norte.