Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
23ºmin
Notícias

Lula fica 13h30 em MS e lança investimentos de R$ 236 mi

24 agosto 2010 - 00h00Por Campo Grande News

A visita que o presidente Luís Inácio Lula da Silva faz nesta terça-feira a Mato Grosso do Sul está prevista para durar 13 horas e meia, entre os compromissos institucionais e a agenda de campanha pela eleição de Dilma Roussef como sucessora. Um outro número, bem maior, envolve a visita: os empreendimentos que serão lançados ou inaugurados com a presença de Lula somam R$ 236 milhões, em Dourados e Campo Grande, cidades onde ele estará. Segundo a agenda divulgada hoje pelos assessores da Presidência da República, o presidente virá de São Paulo para Mato Grosso do Sul, às 8h (no horário local).

Às 9h, está prevista sua chegada a Dourados, onde será ponto facultativo hoje por causa da visita presidencial, a primeira em 30 anos e a estreia na cidade de um governante eleito pelas urnas. Às 9h30, a primeira inauguração, no trevo da Bandeira, onde será inaugurada a duplicação de um trecho de 27 km da BR-163, uma obra iniciada em 1999 e concluída só agora. Segundo o coordenador do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), Marcelo Miranda Soares, o investimento é de R$ 41 milhões, dos quais R$ 35 milhões foram liberados durante os dois governos de Lula. De acordo com ele, a duplicação vai desafogar o tráfego de veículos pesados, com direção ao Porto de Paranaguá, no PR. A duplicação vai do trecho de Vila Vargas, até a saída para Caarapó. A obra está pronta há 1 mês.

Depois dessa inauguração, Lula segue para a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), onde vai inaugurar oficial a universidade que já funciona há 5 anos. Na UFGD, os investimentos em andamento e os que serão levados somam cerca de R$ 40 milhões, conforme divulgou a assessoria de imprensa. Campo Grande- A saída de Dourados para Campo Grande está prevista para às 13h30 e a chegada às 13h50, na Base Aérea. No local, Lula tem almoço fechado com autoridades, entre elas o governador André Puccinelli e o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho. Às 15h, Lula participa da inauguração de obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no projeto de urbanização às margens dos córregos Cabaça e Segredo. Orçados em R$66,4, milhões, os projetos incluem a recuperação de áreas degradadas, remoção de famílias de locais de risco, construção de moradias, drenagem e pavimentação, abertura de novas avenidas à margem dos córregos e construção de dois parques lineares com infraestrutura para esporte e lazer. A gerente de Urbanização do Ministério das Cidades, informou hoje que os dois projetos somam 114 mil metros quadrados de pavimentação e drenagem.

Novas obras Durante a inauguração, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, fará ainda o lançamento do projeto Pró Transporte, que prevê investimento de R$ 58 milhões para melhorar o trânsito da cidade. As ações incluem modernização do sistema semafórico, urbanização da avenida Júlio de Castilhos, construção de pontes e passarelas ao longo da avenida Norte-Sul e implantação de um circuito de ciclovias com defensas metálicas, além de mil abrigos em pontos de ônibus. Uma outra obra voltada à melhoria do sistema viário de Campo Grande que terá a ordem de serviços assinada amanhã na presença do presidente é a construção de um novo macroanel, ligando as saídas de Rochedo e de Cuiabá (MT).

Vão ser 21 quilômetros de extensão, com investimento previsto de R$ 30 milhões. A previsão é que fique pronto dentro de um ano. Campanha - Encerrada essa solenidade, Lula segue para o Hotel Jandaia, e a partir daí, a agenda é política. Às 19h, está prevista a ida para o comício de Dilma Roussef em Campo Grande. A volta da comitiva presidencial para Brasilía está marcada para as 22h30.