Menu
Busca quarta, 21 de fevereiro de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
22º
Acrissul apresenta Expogrande
PESQUISA

Laboratório de Qualidade do Leite da Embrapa reabre para análises

O Laboratório não ofereceu atendimento ao público durante o período da pandemia do Covid-19 por condições sanitárias exigidas na época

01 dezembro 2023 - 11h20Por Embrapa

O Laboratório de Qualidade do Leite (Lableite), da Embrapa Clima Temperado, reabre sua agenda para realização de análises de qualidade do leite para os produtores da região. O Laboratório não ofereceu atendimento ao público durante o período da pandemia do Covid-19 por condições sanitárias exigidas na época, agora está de portas abertas, atendendo os requisitos do programa oficial de melhoria de qualidade do leite cru do Programa Nacional de Qualidade do Leite (PNQL) do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA). Ele fica localizado na Estação Experimental Terras Baixas (ETB), no Capão do Leão.

A pesquisadora e responsável técnica (RT), Rosângela Silveira Barbosa, disse que  no final do mês de agosto recebeu o último parecer final, resultado das avaliações metrológicas realizadas no primeiro semestre deste ano pelo Laboratório de Referência do LFDA - MG /MAPA e pela Cgcre/Inmetro.

"No mês de setembro foi realizado treinamento sobre o novo instrumento jurídico Carta-Proposta que é um modelo que parece contemplar de maneira mais adequada a relação existente entre a demanda do setor lácteo e a concretização da viabilização do Lableite para seu atendimento, e no mês de outubro, o Laboratório iniciou a divulgação e contato com os clientes”, disse. Além disso, conforme a pesquisadora, o Lableite poderá realizar Acordos de Cooperação Técnica (ACT) com os laticínios e cooperativas. Além das análises oficiais poderá contribuir com apoio técnico por meio de palestras, dias de campo, ministrar cursos e treinamentos aos produtores e aos técnicos, dentre outras ações.

Atuação do Laboratório

O Laboratório foi fundado em 15 de outubro de 2005, está credenciado no MAPA e incluído na Rede Brasileira de Qualidade do Leite (RBQL), integrando o Sistema de Pesquisa e Desenvolvimento em Pecuária Leiteira (SISPEL). A estrutura atende os requisitos da NBR/ISO 17025 e atua na pesquisa e prestação de serviços na área da qualidade do leite. É o único laboratório público do Rio Grande do Sul credenciado na RBQL.

O Lableite possui equipamentos para análise de composição química do leite e  contagem de células somáticas (CCS) e equipamentos para realização de análises de contagem padrão em placa (CPP). São realizadas análises de gordura, proteína, lactose, sólidos totais, contagem de células somáticas, contagem padrão em placa e pesquisa de resíduos de antibióticos em leite por métodos qualitativos (Kits comerciais) e quantitativos (teste confirmatório por meio de análises de cromatografia).

Suas análises avaliam a qualidade do leite visando adequar aos padrões previstos na Instrução Normativa 76 e 77 (IN 76 e 77). A regulamentação federal exige que, na avaliação da matéria prima, pelo menos duas amostras de leite de cada produtor passem por avaliações a cada mês.

Os interessados em enviar amostras de leite para a análise no Lableite devem entrar em contato com o laboratório pelo telefone (53) 3275-8440 ou pelo email [email protected] para receber as informações de coleta e envio de amostras, bem como, o custo por amostra.

Obras para ampliação

Atualmente a estrutura passa por uma ampliação, onde está sendo construída uma  base física para alojar os equipamentos de cromatografia, os quais realizam pesquisa qualitativa e quantitativa de resíduos, como por exemplo antibióticos, micotoxinas, etc em leite e derivados. O recurso orçado em cerca de 1,6 milhões para a obra, advém do Projeto Leite Seguro, que tem como financiador o Fundo dos Direitos de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça. A previsão de conclusão é março de 2024.