Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
22ºmin
Notícias

JBS estuda fazer novas emissões

20 julho 2010 - 00h00Por Valor Econômico.

A onda favorável às emissões externas continua atraindo empresas brasileiras. A JBS S.A. está realizando "non-deal road show" - contato com investidores no exterior para perceber se há demanda pelo papel, sem compromisso firme de que fará a emissão -, segundo fontes. De todo modo, a percepção de especialistas é de que o momento é bastante favorável para a captação do JBS. E chegam a arriscar que a operação deve envolver um volume expressivo, superior a US$ 300 milhões. O JBS contratou o Banco Santander S.A. e o J.P. Morgan Chase & Co. para coordenar as reuniões com investidores.

Nos últimos dez dias, o mercado de dívida externa retomou o vigor, depois de dois meses de paralisia. Esta semana, entretanto, especialistas enxergam uma melhora ainda mais expressiva no apetite dos investidores, o que deve ter impacto sobre os preços das próximas emissões. "Há uma melhora tanto nas emissões de dívida quanto no mercado secundário", afirma um profissional. "Papéis que sofreram mais no período de crise mostraram uma boa recuperação agora."

O responsável pela área de mercado de capitais para América Latina do Bank of America Merrill Lynch, Augusto Urmeneta, acredita que a onda de emissões ainda vai durar mais tempo. Há apetite, segundo ele, para papéis de empresas brasileiras e a oferta vista até aqui não foi suficiente para supri-la. "Não acho que será uma grande onda, mas há várias empresas se preparando para ir a mercado, e há demanda para isso", afirma. Ele diz que algumas empresas podem aproveitar o momento para antecipar a rolagem de vencimentos de 2011. "O melhor momento para ir a mercado é quando a companhia não precisa do dinheiro, e é isso que estamos observando", afirma.