Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
16ºmin
Notícias

Indústrias de alimentos para animais alcançam 96% conformes

21 setembro 2010 - 10h29Por MS Notícias
Indústrias de alimentos para animais alcançam 96% conformes

 O Serviço de Fiscalização de Insumos Pecuários da Superintendência Federal de Agricultura no Mato Grosso do Sul (SEFIP/SFA/MS), constatou significativa melhora na qualidade do sal mineral e das rações produzidas no Mato Grosso do Sul, alcançando 96,83% de taxa de conformidade. Este resultado pode ser atribuído à adoção das Boas Práticas de Fabricação e do Controle da Qualidade pelas empresas do setor de nutrição animal, após a medida se tornar obrigatória, através da entrada em vigor da Instrução Normativa Nº 04, de 23/02/2007, publicada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 



Segundo a normativa, Boas Práticas de Fabricação (BPF), são os procedimentos higiênicos, sanitários e operacionais aplicados em todo o fluxo de produção, desde a obtenção dos ingredientes e matérias-primas até a distribuição do produto final, com o objetivo de garantir a qualidade, conformidade e segurança dos produtos destinados à alimentação animal.



Para verificar o fiel cumprimento da norma, os Fiscais Federais Agropecuários do SEFIP/SFA/MS realizam auditorias nas indústrias do Estado, para avaliar a implantação das Boas Práticas de Fabricação e a execução do Controle da Qualidade. As auditorias são realizadas pelos que analisam o Manual de BPF da empresa e verificam os procedimentos operacionais adotados na empresa, além das instalações, equipamentos e demais requisitos higiênico-sanitários para a produção de suplementos minerais (sal mineral) e rações. 



As auditorias realizadas neste ano já abrangeram 44% da produção de suplementos minerais e protéicos, 37% da produção de rações para bovinos e 78,92% das rações destinadas a produção de aves no Mato Grosso do Sul. A expectativa do Serviço (SEFIP) é aumentar o percentual da produção auditada até o final do ano.



A taxa de conformidade de produtos analisados pelo Ministério da Agricultura reflete os investimentos realizados pelas indústrias de sal mineral e rações do estado, em melhorias na infra-estrutura e na qualificação e treinamento dos funcionários, confirmando os vários resultados positivos das auditorias realizadas pelo MAPA.