Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
36ºmax
21ºmin
Notícias

Greve dos fiscais agropecuários ameaça exportações de aves e suínos de MS

09 agosto 2012 - 03h28Por Capital News

 A greve dos fiscais agropecuários federais chega ao terceiro dia de paralisação no Mato Grosso do Sul e suspende a emissão do certificado de exportação e importação de produtos de origem animal e vegetal.

Se agreve permanecer por mais duas semanas, não somente os frigoríficos que exportam carnes terão prejuízos, mas todos os setores produtivos, informa o assessor técnico na Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul (Famasul), Lucas Galvan. “A princípio, o setor de suinocultura e avicultura serão os primeiros a sentir os efeitos da paralisação” afirma.

A greve que traz preocupações em Mato Grosso do Sul foi deflagrada em todo Brasil. No Espírito Santo, por exemplo, afeta as exportações de mamão e a paralisação dos embarques deixa de movimentar, semanalmente, cerca de US$ 150 mil.

Em Uruguaiana, na fronteira oeste do Rio Grande do Sul, 40 carretas estão paradas no Porto Seco. São 97 toneladas de origem animal e 348 toneladas de origem vegetal.

A categoria em greve reivindica a reestruturação da carreira e o reforço do efetivo por meio de concurso público de pelo menos 1,5 mil novos profissionais.