Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
24ºmax
19ºmin
Notícias

Governo e setor privado discutem prevenção da influenza aviária e doença de Newcastle

16 outubro 2009 - 00h00Por MAPA

Para consolidar e expandir o Plano Nacional de Prevenção da Influenza Aviária e da Doença de Newcastle em todo o território nacional, representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) se reuniram com produtores associados à União Brasileira de Avicultura (UBA) e do setor de abate, nesta quinta-feira, em Brasília.

        “Este encontro teve como objetivo reforçar a integração e a parceria entre os setores público e privado, garantindo maior qualidade para os produtos avícolas comercializados no mercado interno e de exportação”, destacou o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Inácio Kroetz.

          Na reunião, foram discutidas formas para aperfeiçoar o trabalho de vigilância do trânsito animal e de fiscalização, para evitar que estabelecimentos promovam o comércio ilegal de aves de descarte, (galinhas que deixam de produzir ovos e perdem o valor comercial). “O setor produtivo precisa se convencer de que as normas de fiscalização devem ser respeitadas. Se isso não acontecer, estamos colocando em cheque e em risco o documento que dá as garantias ao nosso produto. A valorização da Guia de Trânsito Animal (GTA) tem que ser assumida pelo setor produtivo”, enfatizou o diretor do Departamento de Sanidade Animal (DSA), Jamil Gomes de Souza.

          As novidades sobre este tema poderão ser incorporadas ao texto da Instrução Normativa Nº 17, de 2006, que criou o Plano Nacional de Prevenção da Influenza Aviária e de Controle e Prevenção da Doença de Newcastle, no âmbito do Programa Nacional de Sanidade Avícola. Uma nova redação para a IN Nº 17 deve ser elaborada até dezembro deste ano. (Leilane Alves)