Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
25ºmin
Notícias

Governo atende solicitação da Acrissul e reduz ICMS do gado em pé

21 junho 2017 - 19h50Por Luciana Petelinkar – Assessoria de Imprensa Acrissul
Governo atende solicitação da Acrissul e reduz ICMS do gado em pé

O governador Reinaldo Azambuja se reuniu na manhã de hoje (21) com representantes do setor produtivo, deputados e secretários para discutir e apresentar os estudos que basearam a decisão. A medida, que diminui o ICMS de 12% para 7%, começa a valer a partir do dia 01 de julho durante 90 dias.

Segundo o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul) Jonatan Barbosa, que estava presente na reunião, o mercado está travado desde o escândalo da JBS. “Primeiro foi aquele absurdo da Operação Carne Fraca, depois a bitributação com o Funrural, e então essa questão. Tudo isso deixou o produtor apreensivo com a venda”, falou.

São em torno de 300 mil cabeças de gado paradas no Estado, com um único grupo respondendo por 45% dos abates e com pagamento somente a prazo. Esses fatores deixaram os pecuaristas sem opção de venda.

“A nossa solicitação ao governador Reinaldo Azambuja foi pensando em escoar o gado que está pronto no pasto e não está gerando receita, pelo contrário, está gerando despesa ao produtor. Essa queda no imposto vai aumentar a competitividade do gado sul-mato-grossense e diminuir os impactos econômicos causados por essa crise. Além de contribuir para a arrecadação do governo, porque o boi parado não vai gerar nada, mas se conseguimos negociar, o estado arrecada”, afirmou o presidente da Acrissul.

Segundo o governador Reinaldo Azambuja, com a diminuição anunciada, o Governo vai dar uma possibilidade a mais para que os produtores possam escoar o rebanho. “Vamos dar uma alternativa ao mercado, momentaneamente, por 90 dias, para comercializarmos esse gado represado”, reforçou. Reinaldo ainda frisou que a medida é oportunidade de aumento de receita, já que o rebanho está parado.

Além da Acrissul, estavam na reunião a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), juntamente com o Movimento Nacional dos Produtores (MNP) e os secretários de Estado de Gestão Estratégica, Eduardo Riedel; da Semagro, Jaime Verruck; e de Fazenda, Márcio Monteiro; o presidente da Assembleia Legislativa, Júnior Mochi; e os deputados estaduais Mara Caseiro, Eduardo Rocha, Márcio Fernandes, Flávio Kayatt, Zé Teixeira, Paulo Corrêa, Coronel David, Rinaldo Modesto, Onevan de Matos e Mauricio Picarelli.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados