Menu
Busca segunda, 29 de novembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
28ºmax
21ºmin
BENCHMARKING

Gestão e estratégia são essenciais para aumento da produtividade na pecuária de corte

Produtores rurais atendidos pelo Senar/MS aumentam a produtividade, com redução de custos

19 outubro 2021 - 08h12Por Famasul

Levantamento realizado com produtores atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS em Bovinocultura de Corte aponta que, por meio da gestão, é possível aumentar a produtividade por hectare e diminuir custos. O resultado da análise técnica, mês a mês, e indicadores zootécnicos e econômicos são assunto do #Mercadoagropecuário desta segunda-feira (18).

De acordo com o departamento de Assistência Técnica e Gerencial, as propriedades rurais avaliadas tinham a média de rebanho e produtividade semelhantes. Elas foram separadas entre as que possuíam Margem Bruta (MB) positiva e negativa.

Segundo o coordenador de Assistência Técnica e Gerencial em Bovinocultura de Corte, Fabiano Pessatti, os produtores rurais com MB positiva obtiveram melhores índices zootécnicos, com destaque para o ganho médio diário, que superou em 64% as propriedades com MB negativa. “Outro indicador de grande impacto nessa avaliação é o desembolso por cabeça/mês, no qual pode-se observar que os produtores com MB positiva gastaram 20% a menos”, explica.

O levantamento também mostra que os produtores de MB negativa venderam mais arrobas do que produziram, ou seja, houve uma redução do estoque de arrobas em relação aos produtores rurais de MB positiva.

O pagamento de empréstimos representou 4,8% do custo de manutenção de cabeça/mês, para os produtores com MB positiva. Entretanto, para o outro grupo, chega a 26% dos gastos de cabeça por mês.

“Ao avaliarmos os investimentos das propriedades é possível observar que embora os produtores com MB positiva tenham investido menos por hectare, os investimentos resultaram em melhores indicadores zootécnicos e econômicos”, finaliza.