Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
25ºmin
Notícias

Fazendas da Boi Gordo em MT vão a leilão para ressarcir vítimas de fraude

10 março 2017 - 12h58Por G1 - MT

As fazendas que pertencem à massa falida Boi Gordo, em Comodoro, a 677 km de Cuiabá, vão a leilão novamente nos próximos dias 21 e 29 deste mês. No ano passado, as terras foram arrematadas, mas o leilão foi anulado. A área foi dividida em 31 lotes. O processo de falência tramita na 1ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de São Paulo. A empresa decretou falência em 2004.

Com a venda das fazendas, os mais de 32 mil credores da empresa poderão reaver o dinheiro investido, no caso que ficou conhecido no Brasil como um dos maiores episódios de falência envolvendo pirâmides financeiras.

O leilão deve ser realizado em duas etapas. No dia 21, serão ofertados 131 hectares, com lance inicial de R$ 315 milhões. Segundo a Lut Leilões, o valor já apresenta deságio de 40% em relação ao valor de avaliação.

Já no dia 29, caso não haja lances para a aquisição única de todas as fazendas que a compõem, ocorrerá o leilão eletrônico e presencial das 31 fazendas, que possuem áreas de 3.000 a 8.000 hectares, além de dois lotes menores. Conforme a organizadora do leilão, todos esses bens poderão ser adquiridos de forma individualizada nessa data.

Criada em 1988, a empresa Fazendas Reunidas Boi Gordo iniciou em 1996 processo de abertura de investimentos em animais. Era um sonho para investidores que receberiam, após 18 meses, o lucro da venda do boi engordado com promessas de 42% de rendimento via certificados de investimentos. Foram mais de 30 mil pessoas que investiram neste modelo identificado como “pirâmide financeira”, que pagava contratos vencidos com recursos de novos investidores.

Em 2001, a empresa pediu concordata, uma vez que o dinheiro investido passou a ser direcionado para outros negócios do fundador da empresa. Com uma despesa a pagar maior que a receita, a Boi Gordo faliu em 2004.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados