Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
22ºmin
Notícias

Exportações seguem apresentando recuperação

05 julho 2010 - 00h00Por MDIC.

Nos 21 dias úteis de junho de 2010, o Brasil exportou US$ 17,095 bilhões (média diária de US$ 814 milhões) e importou US$ 14,817 bilhões (média diária de US$ 705,6 milhões), resultando em uma corrente de comércio de US$ 31,912 bilhões (média diária de US$ 1,519 bilhão) e em um superávit de US$ 2,278 bilhões (média diária de US$ 108,5 milhões). Em relação a junho do ano passado, na comparação pela média diária, as exportações aumentaram 18,2%.

No acumulado do ano, na comparação pela média diária, o saldo comercial foi positivo em US$ 7,887 bilhões. O valor é 43,7% menor que o registrado no mesmo período do ano passado, que teve superávit de US$ 13,907 bilhões.

Já as exportações e importações aumentaram, na mesma comparação. No primeiro semestre de 2010, foram exportados US$ 89,189 bilhões (média diária de US$ 725,1 milhões), frente aos US$ 69,951 bilhões (média diária de US$ 573 milhões) do mesmo período de 2009 - crescimento de 26,5%. Nas importações, houve aumento de 43,9% na comparação com o primeiro semestre do ano passado, passando de US$ 56,044 bilhões (média diária de US$ 459 milhões) para US$ 81,302 bilhões (média diária de US$ 661 milhões), este ano.

Em consequencia, a corrente de comércio cresceu 34,2%, passando de US$ 125,995 bilhões (média diária de US$ 1,032 bilhão) para US$ 170,491 bilhões (média diária de US$ 1,386 bilhão), em 2010.

Carne bovina - No mês de junho, os exportadores brasileiros de carne bovina in natura enviaram ao exterior 96.400 toneladas do produto, que responsáveis pela receita de US$ 384,2 milhões.

Na comparação com o mês anterior em junho o volume exportado cresceu 6,64% e a receita foi 7,08% maior.

Quando comparamos o resultado do mês passado com os valores registrados no mesmo período de 2009 temos que o volume embarcado evoluiu 7,29%, enquanto a receita das exportações de carne bovina in natura cresceu 32,85%, evidenciando uma forte valorização do produto brasileiro no mercado internacional.

O preço médio da carne bovina in natura exportada em junho de esse ano ficou em US$ 3.985/tonelada. Este valor é 0,41% superior ao apurado no mês passado (maio/10) e 23,82% maior que o de junho de 2009, quando média estava em US$ 3.219/tonelada.