Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
20ºmin
Notícias

Exportações de carne suína cresceram 7,62% em fevereiro

10 março 2011 - 00h00Por ZH dinheiro

As exportações brasileiras de carne suína cresceram 7,62% em volume em fevereiro, superando em 39.060 toneladas o mesmo mês de 2010. No entanto, no acumulado do ano, as vendas externas apresentaram queda de 1,97% (73,8 mil toneladas, frente a 75,3 mil toneladas em período equivalente do ano passado).

— Portanto, não começou o movimento de ampliação das exportações, que, esperamos, ocorra mais adiante — comenta o presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs), Pedro de Camargo Neto.

Em fevereiro, houve alteração nos principais destinos, com a Ucrânia saindo da lista dos cinco principais mercados. A composição atual é: Rússia, Hong Kong, Argentina, Angola e Cingapura.

Já em relação aos preços, a tendência de elevação continua firme – houve aumento na cotação média de 11,51% no acumulado do ano, na comparação com igual período de 2010.

Segundo Carvalho Neto, com relação à viagem da presidente Dilma Rousseff à China, em abril, a Abipecs espera que na reunião bilateral entre os presidentes do Brasil e da China a habilitação dos frigoríficos brasileiros de carne suína seja finalizada, permitindo o início imediato de exportações. O dirigente também criticou a demora do governo japonês em realizar sua missão veterinária à Santa Catarina, marcada para o primeiro trimestre deste ano e que ainda não ocorreu.

— Trata-se de um atraso sem justificativa, em um processo que já leva cinco anos de trabalho sem resultado concreto algum — disse Camargo Neto.