Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
29ºmax
23ºmin
Notícias

Entressafra e demanda por leite mantêm preço em alta

22 abril 2010 - 00h00Por Estadão, por Andréa Rodrigues.

O preço do leite deve continuar a trajetória de alta pelo menos até agosto, diz o diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria de Leite Longa Vida (ABLV), Nilson Muniz. Segundo ele, o período de entressafra, que neste ano começou mais cedo, em janeiro, aliado à maior procura da indústria alimentícia pela matéria-prima, deixam os preços sustentados. Em abril, o preço médio pago ao produtor deve crescer entre 6 e 15% sobre março, dependendo da região leiteira, conforme levantamento prévio da Scot Consultoria. Segundo o consultor Rafael Ribeiro, no Estado de São Paulo o valor médio deve aumentar 6,5%, passando de R$ 0,683 o litro em março, para R$ 0,727 em abril. Em Minas Gerais, a projeção indica alta de 9,7% e, em Goiás, de 12,8%.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Leite Brasil), Jorge Rubez, a melhor remuneração aos produtores deve se manter porque não há excesso de oferta no mercado. "A produção cresce na medida do preço, e só a partir de agora vamos receber e cobrir os custos de manutenção do rebanho, que pode chegar a R$ 0,75 por litro", diz Rubez.

Alguns dos itens essenciais para a pecuária, como milho e fertilizante, estão mais baratos neste momento. Com o custo de produção mais baixo e o preço do leite em alta, a tendência é que os produtores invistam mais em 2010 e aumentem a produção leiteira. Ribeiro avalia que a queda de quase 20% no preço do leite no segundo semestre de 2009 foi o que reduziu os investimentos na atividade. "Em 2009, o crescimento foi muito pequeno, apenas 1,6%. Mas em 2010, com o mercado mais promissor, a tendência é de ampliar ainda mais a produção atual, de 29 bilhões de litros ao ano", afirma.

A alta do preço do produto é percebida também no varejo. Em março, o preço do leite longa vida integral subiu entre 7 e 15% nos supermercados ante o mês anterior e foi um dos fatores que contribuíram para a inflação, medida pelos principais índices.

A subida dos preços é sentida também no varejo e foi um dos fatores que contribuíram para a inflação 7% a 15% foi a alta registrada nos supermercados no preço do leite em março, em relação a fevereiro 29 bilhões de litros por ano é a produção total de leite do País.