Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
24º
INOVAÇÃO

Embrapa oferece serviço de acesso a dados agrometeorológicos para uso em soluções digitais

Os dados são gerados pelo Global Forecast System (GFS), executado pelo Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos, e processados pela Embrapa

12 agosto 2022 - 08h54Por Embrapa

Dispor de ferramentas que ajudem a antecipar tendências do clima é cada vez mais fundamental para a tomada de decisão no campo. Com o objetivo de contribuir para o aprimoramento de soluções digitais disponíveis no mercado, a Embrapa passa a oferecer a partir deste mês o acesso facilitado a um conjunto de dados agrometeorológicos úteis para o monitoramento da produção e o planejamento de operações agrícolas. São 17 variáveis relacionadas com a previsão do tempo para todo o território nacional, que podem ser customizadas e integradas a softwares e aplicativos móveis utilizados para apoiar a gestão da propriedade, do plantio à colheita.

Os dados são gerados pelo Global Forecast System (GFS), executado pelo Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos, e processados pela Embrapa Agricultura Digital (Campinas/SP) para serem consumidos via API (Interface de Programação de Aplicativos), um conjunto de padrões e linguagens de programação que permite, de maneira automatizada, a comunicação entre sistemas diferentes de forma ágil e segura. O serviço é disponibilizado na Plataforma AgroAPI para instituições públicas e privadas, como empresas, startups, cooperativas e entidades de assistência técnica e extensão rural.

Além da temperatura e precipitação, o conjunto de dados reunidos na ClimAPI contempla índices e taxas relacionados à evapotranspiração, umidade, cobertura de nuvens e velocidade e direção do vento, com previsibilidade de até 10 dias. As informações são atualizadas a cada seis horas e podem ser consultadas com base nas coordenadas de latitude e longitude, cobrindo uma área a partir de 25 quilômetros.

De acordo com a pesquisadora Luciana Alvim Santos Romani, da Embrapa Agricultura Digital, uma das responsáveis pela plataforma AgroAPI, há uma demanda crescente por dados climáticos customizáveis para uso em tecnologias e serviços digitais ofertados para o agro, em especial dados que ajudam na emissão de alertas agroclimáticos, operações para aplicação de defensivos e geração de estimativas de produtividade.

Um dos desenvolvedores da nova API, o analista Silvio Evangelista aponta o potencial de aplicação focado na atividade agropecuária. “A ClimAPI pode fomentar diversas soluções que envolvam planejamento e a tomada de decisão em função das condições climáticas. Por exemplo, ferramentas utilizadas pelo agricultor que orientam o manejo da cultura, irrigação, previsão de danos por geada, janelas de plantio e colheita”.

Como acessar

Já disponível na Plataforma AgroAPI, a ClimAPI será apresentada pela Embrapa, pela primeira vez, durante o Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão (ConBAP 2022), que acontece até o dia 11 de agosto, em Campinas (SP). O acesso à plataforma é totalmente virtual e o intercâmbio de dados é realizado máquina-a-máquina, mediante token individual.

Adriano Franzoni Otavian, analista da Embrapa Agricultura Digital que também atuou na criação da API, explica que os dados fornecidos pelo GFS são processados e organizados numa base que pode ser consultada de acordo com a latitude e longitude, a variável agroclimática e a data de interesse. “As respostas às requisições feitas via API, na plataforma, são adequadas a um formato padrão que pode ser facilmente incorporado em outros sistemas, incluindo dispositivos móveis, como os aplicativos para smartphone”, completa.

No primeiro mês, o uso do serviço é gratuito, para o máximo de 1.000 requisições de dados. Depois deste período, também será disponibilizado por meio de um contrato comercial, com valores que podem variar de acordo com o volume de requisições.

Sobre a Plataforma AgroAPI

Pioneira no Brasil, a Plataforma AgroAPI foi desenvolvida pela Embrapa Agricultura Digital para disponibilizar informações e modelos agropecuários via API, que podem ser utilizados também por outras instituições, startups e empresas na criação e aperfeiçoamento de software e aplicativos móveis, com redução de custo e de tempo.

Além da nova ClimAPI, estão disponíveis na plataforma dados sobre cultivares e produtividade, zoneamentos agrícolas, índices vegetativos, dados genômicos e para classificação de solos. Entre os clientes, estão instituições bancárias, indústrias de equipamentos agrícolas, empresas de extensão rural e startups diversas, com soluções para crédito rural, planejamento e monitoramento da produção.

A AgroAPI também vem sendo utilizada para o aprimoramento de soluções ofertadas pela Embrapa como o aplicativo Plantio Certo, que dá acesso às informações do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) e possui mais de 21 mil usuários ativos.