Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
18ºmin
Notícias

Embrapa apresenta novo pasto de humidicola na Dinapec

15 fevereiro 2011 - 00h00Por Embrapa-CNPGC/Núcleo de Comunicação

Uma das atrações da Dinâmica Agropecuária – Dinapec, evento a ser realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) nos próximos dias 23, 24 e 25 de fevereiro, na sede da Unidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, será o pré-lançamento da cultivar de Brachiaria humidicola, BRS Tupi.

Os visitantes da Dinapec poderão conhecer a nova opção de pasto plantada em uma pequena área e obter informações técnicas com os cientistas de plantão que trabalham na pesquisa da nova planta.

A entrada na Dinapec é gratuita e o endereço da Embrapa Gado de Corte, onde será realizado o evento é: BR 262, km 4 – na saída para Aquidauana, em Campo Grande, MS. O pré-lançamento da nova cultivar BRS Tupi está marcado para a manhã do dia 23/2 (quarta-feira), quando também acontece a posse do novo chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Oliveira Soares, a partir das 9 horas.

Nova planta para a diversificação de pastagem

A cultivar BRS Tupi é uma alternativa de uso para áreas úmidas sujeitas a alagamentos temporários e chega numa boa hora já que existem no mercado poucos materiais disponíveis para solos rasos e com problemas de drenagem.

Segundo pesquisadores, em comparação à humidicola comum, a cultivar BRS Tupi apresentou desempenho animal superior na seca, sustentando uma lotação animal mais alta e garantindo uma produção de 53 quilos de peso vivo por hectare, comparada a 20 quilos da outra em um determinado período de avaliação.

A planta é de florescimento mais precoce e tem tendência a acamar – informa Rodrigo Amorim, um dos pesquisadores da Embrapa que trabalha com a planta. Para evitar o problema a recomendação é fazer um pastejo mais intenso na primavera. “A cultivar BRS Tupi cresce e floresce rápido e tende a acamar demais, com isso o manejo deve ser cuidadoso, com ajustes da carga animal o que vai depender do tipo de solo onde foi plantado. Em solos mais férteis pode-se colocar uma carga animal mais alta e em solos menos férteis uma carga menor, em torno de 1 UA (unidade animal = 450 quilos de peso vivo)”, esclarece Amorim.

A cultivar BRS Tupi é resultado de uma seleção de plantas coletadas em Burundi, no leste da África pelo CIAT (Centro Internacional de Agricultura Tropical) da Colômbia, entre os anos de 1984 e 1985. Os trabalhos de seleção duraram 18 anos e foram coordenados pela Embrapa.

A cultivar BRS Tupi deve ser semeada nas águas, de outubro a fevereiro, com quatro quilos de sementes puras viáveis, na profundidade de três a cinco centímetros profundidade.

O lançamento oficial da cultivar BRS Tupi será entre os dias 13 e 17 de junho durante a 17ª Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne - Feicorte, no Centro de Exposições Imigrantes em São Paulo, no estande da Unipasto.  A comercialização de sementes estará disponível após seu lançamento oficial. Informações a respeito no endereço eletrônico:  http://www.unipasto.com.br/associados.php e sobre as demais atividades a serem desenvolvidas na VI Dinapec como minicursos, palestras, dinâmicas e roteiros tecnológicos você pode conhecer por meio do endereço: http://dinapec.cnpgc.embrapa.br/2011