Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
24ºmax
18ºmin
Notícias

Demanda por fertilizantes confirma previsão e cresce

31 maio 2010 - 00h00Por Valor Econômico, por Fernando Lopes.

A demanda brasileira por fertilizantes confirmou as expectativas e se recuperou no primeiro trimestre, embalada pelas compras direcionadas às culturas de inverno e por antecipações de aquisições já visando ao plantio da próxima safra de verão de grãos (2010/11), cujo plantio terá início em setembro.

Empresas como a Heringer já chamavam a atenção para as antecipações, sobretudo por parte de produtores de soja, que no início do ano estavam com uma relação de troca favorável para comprar adubos. Esta relação piorou, e o movimento já perdeu fôlego nas últimas semanas.

Segundo a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), as entregas de fertilizantes das misturadoras às revendas no país somaram 4,479 milhões de toneladas no primeiro trimestre, 10,4% mais que em igual intervalo de 2009. As misturadoras compram matérias-primas e fazem o produto final, e a Heringer, que prevê alta de 5% na demanda total anual, é uma das líderes nesse mercado.

Conforme os dados da Anda, a retomada da demanda estimulou um salto de 26,4% da produção nacional de janeiro a março, para 2,046 milhões, e a disparada das importações - que aumentaram 205,9% na mesma comparação, para 2,452 milhões de toneladas. E o ritmo segue firme. No porto de Paranaguá (PR), foi o mês de abril mais movimentado dos últimos oito anos.