Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
28ºmax
13ºmin
Notícias

Demanda e oferta equilibram as cotações do boi gordo

28 setembro 2017 - 00h00Por Scot Consultoria

A oferta de bovinos terminados é curta na maior parte do país e de maneira geral as escalas de abates estão mais justas. Porém, o escoamento das indústrias está lento.

Diante disso, nem mesmo essa baixa oferta é capaz de garantir maior firmeza ao mercado do boi gordo, como a observada até o final da primeira quinzena do mês.

Do lado da demanda, em curto prazo, fica a expectativa quanto ao início de mês, período no qual sazonalmente há uma melhora de consumo, diante da entrada de salários, o que pode movimentar as cotações.

Já do lado da oferta, o cenário não deve ter grandes mudanças. É fato que já se observa negócios com boiadas oriundas do segundo giro do confinamento, mas o volume desse gado não deve se elevar a ponto de causar excesso de oferta no mercado.

No mercado atacadista de carne bovina com osso não houve variação frente ao último levantamento. A carcaça de animais castrados ficou cotada em R$9,34/kg (27/9).