Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Declaração de vacina anti-aftosa será 100% online

08 novembro 2011 - 10h23Por Capital News

Pecuaristas de Mato Grosso do Sul deverão fazer a comunicação de vacina contra a febre aftosa para a etapa de novembro do rebanho, de mamando a caducando, apenas via internet.

O comunicado foi feito nesta tarde pela Secretaria de Produção e Turismo (Seprotur) em nota oficial. A ideia é de que nas próximas campanhas, o procedimento permanece totalmente via internet.

O produtor rural deve procurar os escritórios da Iagro para solicitar uma senha que servirá de login para acessar os serviços.

Com a senha o produtor pode acessar todo o seu saldo, extrato de movimentação e ainda declarar a vacinação pela internet.

“Basta procurar um escritório da Iagro portando os documentos pessoais e o número de inscrição estadual. Esta etapa será feita 100% via web”, informou Maria Cristina Carrijo diretora presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal (Iagro).

Para os produtores que já possuem uma senha, Maria Cristina Carrijo explica que não será preciso criar outro login para declarar a vacinação.

“A Iagro vem caminhando numa linha de informatização. Isso evita filas onde o produtor tinha que levar a relação de gado para o funcionário da Agência lançar no sistema. Hoje cada produtor faz sua declaração ao seu tempo”, afirmou. O site da Agência é www.iagro.ms.gov.br.

Conforme a diretora presidente da Iagro, atualmente 52% dos produtores rurais já conta com senha e acessam os serviços da Agência. A senha acessa todas as informações do produtor rural.

Confira o calendário de vacinação:

• Região do Planalto: 01 a 30 de novembro - vacinação do rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando

• Região da zona de Fronteira (antiga ZAV): 01 a 30 de novembro - vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando

• Região do Pantanal (optantes etapa novembro): 01 de novembro a 15 de dezembro - vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando. Em todas as regiões o produtor tem ainda o prazo de 15 dias após o término da campanha para realizar a declaração da vacinação.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (67) 3901-2717 (Iagro) ou 0800-6476713 (Disk Ajuda).