Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Crise financeira não afeta consumo mundial de banana

07 dezembro 2009 - 00h00Por FAO

Banana, este foi o único produto agrícola a resistir os impactos da crise financeira mundial, é o que aponta o relatório da FAO (Organização para a Agricultura e a Alimentação). A agência da ONU (Organização das Nações Unidas) prediz que o declínio nas importações do produto na Europa em 2009 irão cair muito pouco, apenas 3,3%, se comparado com 2007.

Nos Estados Unidos e na União Europeia a importação caiu 5,5% e 4,1%, respectivamente. Mas, por outro lado, se em países desenvolvidos houve queda na exportação de bananas, nos em desenvolvimento o consumo da fruta aumentou. Na China é esperado um crescimento de 2,5%, ou seja, mais 2,33 milhões de toneladas. E, se ao fim da crise mundial chegar agora em dezembro, a demanda por frutas tropicais deve subir mais de 7,8%, diz a FAO.
 
A principal ração para a demanda de bananas resistir ao período de recessão é porque a fruta e considerada uma necessidade e, portanto, menos sensitiva as mudanças de preço na etiqueta e a renda dos consumidores.    
 
“Com os números crescendo em população e renda, e ainda o aumento do conhecimento sobre os benefícios nutricionais da fruta, o consumo global de banana e frutas tropicais deve continuar tendendo para cima nas próximas décadas”, diz trecho do relatório.
 
Atualmente, o comércio de banana e frutas tropicais corresponde por 40% do mercado internacional de frutas. O relatório da FAO, que examinou as vendas de banana durante a recente crise, será apresentado para experts do setor e ainda a formadores de política para a área.