Menu
Busca domingo, 28 de fevereiro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
21ºmin
Notícias

Congresso Brasileiro de Soja será aberto com conferência sobre tendências do mercado

08 junho 2018 - 02h19Por Embrapa

 As tendências de mercado para o complexo soja serão a temática central da conferência de abertura do VIII Congresso Brasileiro de Soja, que começa no dia 11 de junho, segunda-feira, às 19 h, no Centro de Convenções de Goiânia (GO), em uma realização da Embrapa Soja. A conferência será ministrada pelo doutor em Economia Aplicada Alexandre Mendonça de Barros, professor da Fundação Dom Cabral e sócio-consultor da MB Agro Consultoria. O Congresso de Soja irá reunir 2 mil participantes para debater os desafios de produção da cadeia produtiva da soja e as inovações para a cultura da soja. 

O USDA estima uma produção mundial de 336 milhões de toneladas de soja, na safra 2017/2018. Aproximadamente um terço desse total (116,996 milhões de toneladas) foram produzidos em 35 milhões de hectares no Brasil, na safra 2017/2018. Do total produzido no Brasil, 59 milhões de toneladas são consumidos internamente e o restante é exportado, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A soja é exportada in natura  (68 milhões de toneladas) como farelo (14 milhões de toneladas)  ou óleo (1,3 milhões de tonelada). 
 
O Mato Grosso produziu 31,887 milhões de toneladas de soja, na safra 2017/2018, em 9,51 milhões de hectares e figura como o maior produtor brasileiro de soja. A segunda posição é ocupada pelo Paraná (19,07 milhões de toneladas) e depois vem o Rio Grande do Sul (16,968 milhões de toneladas) e Goiás (11,582 milhões de toneladas).
 
CBSOJA – Para debater os vários aspectos desta importante cultura, a 8ª edição do Congresso contará com palestrantes nacionais e internacionais, colocando em foco os avanços científicos e as novidades tecnológicas que devem transformar a realidade de produção nos próximos anos. A programação inclui palestras e conferências sobre as novas ferramentas digitais que auxiliam na busca de maiores produtividades, agilidade, eficiência na gestão e sustentabilidade dos sistemas produtivos. Ao longo de 4 dias, serão realizadas 5 conferências, 16 painéis temáticos e 50 palestras.