Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
30ºmax
21ºmin
Notícias

Com R$ 6 milhões para leilões, começa Expoagro

14 maio 2010 - 00h00Por Campo Grande News, por Fernanda Mathias.

Teve início nesta quinta-feira em Dourados a segunda maior feira agropecuária de Mato Grosso do Sul, a Expoagro, que está em sua 46ª edição. Somente para compra de animais em leilões, o Banco do Brasil tem reserva de R$ 6 milhões para este ano, segundo José Gonçalves Dias Neto, gerente da agência de Agronegócio de Dourados.

A perspectiva é movimentar ao longo do evento R$ 60 milhões e receber 80 mil visitantes. A feira, que segue até o dia 23 de maio, terá 17 leilões oficiais, julgamento de raças, etapa do Rodeio Brasil e cinco grandes shows com atrações nacionais até o dia 20 de maio. O primeiro, amanhã, será com a dupla João Carreiro e Capataz, em dose dupla, com apresentação também da cantora Amanda.

No dia 15 de maio, sábado, a animação fica por conta da banda Dejavu, no domingo se apresenta a dupla Victor e Leo e na quarta-feira, dia 19 de maio, o cantor Luan Santana. No dia 20, o show fica por conta da dupla Alex e Ivan. Quem comprar antecipado paga R$ 15,00 pela entrada inteira e R$ 7,50 pela meia-entrada. Na bilheteria os ingressos custam R$ 20,00 e R$ 10,00, respectivamente.

A realização da feira conta com R$ 83 mil liberados pela Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura.

Financiamento – O gerente da agência de Agronegócio de Dourados, José Gonçalves Dias Neto, afirma que, assim como ocorreu com a Expogrande, na Expoagro o limite para financiamento na compra de gado foi ampliado de 80% a 100% limitado a R$ 100 mil por CPR (Cédula do Produtor Rural).

Além dos R$ 6 milhões reservados para a compra de animais, o banco também entra com outras linhas para aquisição de máquinas, como BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) e FCO (Fundo Constitucional de Financiamento).

A região Sul do Estado, pólo de produção, responde por 65% do crédito rural, segundo o gerente de Agronegócios, Loureno Budke. Diante disso, Dourados conta com a única agência do Banco do Brasil direcionada exclusivamente para atendimento a produtores.