Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
17º
SUINOCULTURA

CNA divulga sumário executivo do "China Agricultural Outlook"

Há setores em que a China deve manter certa dependência do mercado internacional, como o setor de frutas e de carne bovina; LEIA a análise 2022-2031

21 setembro 2022 - 10h57Por DBO Rural

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a InvestSP em Xangai, divulgou, na terça (20), o Sumário Executivo do “China Agricultural Outlook 2022-2031”, que traz as principais perspectivas agrícolas do país asiático para os próximos dez anos.

O documento é resultado da 9ª edição da Conferência sobre as Perspectivas Agrícolas da China, realizada em abril deste ano, em Pequim, onde foram apresentadas as tendências de produção, consumo e importação do país asiático.

Na conferência, foram apontados aspectos importantes que refletem os objetivos para a política agrícola chinesa nas próximas décadas. As principais tendências mostram que o governo chinês buscará desenvolver de maneira significativa a agropecuária do país visando aumentos na produção nacional e ganhos de produtividade.

Há setores em que a China deve manter certa dependência do mercado internacional, como o setor de frutas e de carne bovina – produto que ganhou espaço e agradou o consumidor chinês após o surto de Peste Suína Clássica (PSA) e deve continuar crescendo nos próximos anos.

Em 2021, a China importou 2,3 milhões de toneladas, volume que deve alcançar 2,8 milhões de toneladas em 2031. A publicação também traz dados da área de cultivo, previsão das importações, produção e consumo de 17 produtos agropecuários, sendo eles: trigo, milho, soja, oleaginosas, algodão, açúcar, legumes, batatas, frutas, carne suína, carne de aves, carne bovina e ovina, ovos, lácteos, pescados, rações.