Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
18ºmin
Notícias

Cidade mato-grossense terá frigorífico de peixes

26 agosto 2012 - 01h45Por A GAZETA

  Empreendimento demandará aporte de R$ 800 mil e deve produzir diariamente 3 mil quilos de pescado. Projeto prevê além do abate um espaço para limpeza e armazenamento do pescado e foi discutido com técnicos do Ministério da Pesca e da Cooperativa dos Produtores Rurais e Aquicultores do Sul de Mato Grosso (Agropeixe), na quarta-feira (22), em Brasília, informa o deputado federal Wellington Fagundes.

Na ocasião foi abordada ainda a criação de peixes no lago de Manso, em Cuiabá. Segundo o deputado, essa produção beneficiaria 300 famílias de pequenos produtores que vivem nas imediações de Manso. Para Fagundes, o desenvolvimento da piscicultura no Estado irá garantir a geração de renda aos pequenos produtores. “Com a implantação do frigorífico em Pedra Preta, por exemplo, eles terão onde comercializar o pescado”. Secretário de agricultura do município, Idalmo Pessoa, explica que a prefeitura oferecerá R$ 16 mil de contrapartida para construção da unidade de abate, além de garantir o terreno onde será edificado o empreendimento. Por enquanto, o projeto está sob análise.

Além de Pedra Preta, as cidades de Araputanga e Campo Novo dos Parecis aguardam apoio a projeto de beneficiamento de pescado, protocolado na Associação Matogrossense dos Municípios (AMM).

De acordo com o Ministério da Pesca, a região Centro-Oeste é a 5ª produtora de pescado do país, com 72 mil toneladas.