Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
25ºmin
Notícias

Cheia do Aquidauana já se equipara à de 2011, maior registrada; Miranda também pode transbordar

23 fevereiro 2018 - 00h00Por Imasul

O rio Aquidauana amanheceu com volume de água superior a 10 metros acima do nível e já não é possível mensurar porque a régua está submersa. A cheia deste ano já está sendo comparada com a de 2011, quando o nível do rio atingiu 10,70 metros e foi a maior da série histórica registrada. Dezenas de famílias estão desabrigadas e as duas pontes que ligam Aquidauana a Anastácio estão embaixo d’água. O Exército improvisou uma travessia para pedestres com barcos.

 
O próximo rio que pode transbordar é o Miranda. O Boletim da Sala de Situação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) desta manhã mostra uma tendência rápida de cheia no rio. No dia 19, o volume do Miranda era de 2,65 metros e hoje já chegava a 8,78 metros na altura do Km 21 e 6,28 metros no trecho em que corta a cidade. Com 7 metros acima do nível o Miranda já provoca alagamentos, alerta a Defesa Civil.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados