Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
28ºmax
21ºmin
Notícias

Campanha contra febre aftosa alcança cobertura vacinal de 97% em 2009

30 março 2010 - 00h00Por Mapa, por Kelly Beltrão.

As Campanhas de Vacinação contra a Febre Aftosa, realizadas em 2009, alcançaram mais de 97% do rebanho, o que representa 335,8 milhões de bovinos e búfalos imunizados. Os dados são do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e referem-se a 25 estados e o Distrito Federal. Santa Catarina é a única unidade da federação reconhecida como livre de febre aftosa sem vacinação. “O resultado mostra os esforços realizados nos estados para alcançarmos a meta de País livre de febre aftosa com vacinação“, ressalta o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz.

Em cobertura vacinal, destaque para o estado de Mato Grosso que, na etapa de fevereiro de 2009, imunizou 100% dos animais abaixo de 12 meses, na fronteira com a Bolívia. Em segundo lugar aparece Mato Grosso do Sul, que vacinou 99,98% do rebanho na Zona de Alta Vigilância (ZAV), nos meses de outubro e novembro.

Os produtores sul-mato-grossenses também alcançaram o terceiro lugar na campanha, promovida de abril a maio de 2009, com a vacinação de 99,96% dos animais. Segundo Kroetz, a apresentação de índice superior a 90% em cada etapa das campanhas é um dos requisitos para o avanço no status contra a febre aftosa. “A situação dos estados vizinhos, controle de trânsito de animais, estrutura dos serviços veterinários, recursos humanos, atualização das propriedades cadastradas e do inventário animal também são avaliados para definir a progressão”, informa.

Campanha 2010 - A partir do dia 1º de abril, os produtores rurais devem imunizar o rebanho dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Roraima. A expectativa é que 5,6 milhões de animais sejam vacinados. Já em Mato Grosso do Sul, apenas os animais da Zona de Alta Vigilância deverão receber a dose até 15 de maio. Em Rondônia, a campanha vai de 15 de abril a 15 de maio para os animais abaixo de 24 meses.